Publicado por: protouro | 21 de Fevereiro de 2018

Peniche Adere à Rede Portugal Sem Touradas

A autarquia de Peniche aprovou por maioria a adesão à rede Portugal sem Touradas.

A proposta foi feita pelo pelouro municipal da protecção animal a cargo do presidente da autarquia Henrique Antunes.

acta autarquia Peniche

Esperamos que com esta aprovação desapareçam do mapa as touradas que se realizam em Ferrel e que só mancham o nome do município.

“A rede Portugal sem Touradas é um organismo unificador que interliga organizações não governamentais, empresas, o meio universitário, autarquias e cidadãos em torno de um objectivo comum – a abolição de espectáculos tauromáquicos em Portugal”.

Para mais informações:Portugal sem Touradas

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios
Publicado por: protouro | 16 de Fevereiro de 2018

Alvarenga Confessa Ser um Mentiroso Nato

A Associação Nacional de Grupos de Forcados e o presidente da mesma José Fernando Potier interpuseram uma acção cível contra o jornal “Farpas” e o blogue com o mesmo nome, devido a vários artigos publicados em 2010, e que de acordo com os autores da acção eram falsos.

O processo acabou com um acordo judicial em que o réu Alvarenga reconhece que todas as afirmações feitas nos referidos dez artigos são totalmente falsas e para além de se retratar, pede publicamente desculpa à associação e ao seu presidente já que também reconhece, que com tais artigos prejudicou o crédito e o bom nome do Potier.

mentiras farpas

Nada de surpreendente já que este é o mesmo tipo que em 2008 escarrapachou na capa no jornal “Farpas” que se iriam realizar touradas no reino da Suazilândia algo que nunca aconteceu a não ser na cabeça dele.

jornal farpas

O mundinho tauromafioso é deveras “fascinante” andam todos à porrada, insultam-se, lavam roupa suja em praça pública e espetam farpas nas costas uns dos outros tudo porque estão por demais habituados a verem bovinos serem estraçalhados com as ditas cujas, e se o Alvarenga é um mentiroso, o Potier é de acordo com vários aficionados, um mediador de seguros que se aproveita do facto de ser presiente da ANGF para enriquecer à conta dos seguros que faz com os  forcados.

E o ódio ao Potier é tal que existem aficionados que afirmam que mais tarde ou mais cedo o mesmo acabará numa valeta!

Este é o mundo tauromafioso que os governantes protegem, este é o mundo de violência que é apelidado de cultura e que é subsididado por todos nós e depois ainda se admiram, que consideremos Portugal, como um país de terceiro-mundo!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 12 de Fevereiro de 2018

Miscelâneas Tauromafiosas

Na tourada que teve lugar ontem na Granja um dos forcados foi hospitalizado com o maxilar fracturado.

A época tauromáquica mal começou e já estamos todos a pagar esta despesa hospitalar…

forcado granja

A Lara Veiga Vicente a aficionada que defende com unhas e dentes os forcados e que leva o filho para todas as touradas e até garraiadas às tantas da manhã e que só não leva a filha porque a mesma sofre de uma doença incapacitante senão também a levava, (se as pessoas não escarrapachassem a sua vida no Facebook nós não teríamos conhecimento de tal facto) escrevinhou na sua nojenta página, uma carrada de mentiras relativamente às votações do PAN em vários projectos-lei tudo porque o deputado André Silva afirmou que empregar menores em touradas é exploração infantil da pior espécie.

lara vicente veiga

Para além disso decidiu atacar também a lei que foi aprovada por unanimidade e que permite a entrada de animais na restauração, afirmando, que sendo ela alérgica a gatos era só o que faltava  ter que os aturar se quiser ir almoçar ou jantar fora.

Nós não somos e jamais seremos advogados de defesa do PAN, até porque o mesmo não precisa, mas detestamos que pessoas mal formadas e descerebradas ataquem com mentiras e distorções o único partido com assento parlamentar que para além de defender pessoas, animais e natureza não se deixa corromper pelo sistema!

A Lara com 32 anos de idade é o exemplo típico dos velhos do Restelo, ou seja, sempre que a humanidade evolui ela e todos os da sua laia contestam porque são avessos à evolução, e neste caso é ainda pior que isso, porque caso a idiota tivesse lido o artigo saberia que são os proprietários dos restaurantes que decidem se querem ou não animais no seu espaço comercial e caso queiram ostentarão um dístico informativo.

Se a estupidez pagasse imposto a Lara já há muito que teria sido penhorada por dívidas ao fisco!

Mas deixemos a Lara e a sua diarreia mental e passemos ao Paulo Pessoa de Carvalho, presidente da APET – Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos que numa entrevista dada a uma website tauromafiosa afirmou que a “prótoiro” está a fazer um trabalho notável e que a prova disso é que a tauromaquia de ora em diante, estará presente diariamente em diversos jornais generalistas e que empresas que até há bem pouco tempo recusavam associar-se à tauromáfia o irão fazer.

A ser verdade de uma coisa podes ter a certeza no dia em que as empresas se associarem à tauromaquia o boicote será tão grande que essa associação durará o tempo de um foguete.

Quanto aos jornais é caso para dizer mas quem é que hoje em dia lê jornais especialmente quando os mesmos ao invés de informarem publicam notícias falsas e vivem de clickbaits?

Mais um mentecapto que ainda não percebeu que as touradas têm os dias contados, e como tal, pouco importa as tentativas que sejam feitas para as impingir aos portugueses, porque estes, jamais as aceitarão!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 5 de Fevereiro de 2018

China o Último Orgasmo da Tauromáfia

Marco José tauricida tuga é o mentor de um projecto que pretende introduzir na China, província de Guizhou touradas.

O empreendimento onde as mesmas terão lugar o New Português Guizhou Pecuária está inserido num complexo turístico que pretende demonstrar a multiculturalidade de vários países tais como Espanha, Portugal, Índia, Brasil, Marrocos, etc.

Traduzido por miúdos é mais um daqueles parques temáticos que os chineses tanto gostam de construir com réplicas de cidades de outros países e que depois de construídos em tempo recorde acabam sempre às moscas.

Neste caso, a praça de touros como se pode ver na imagem abaixo é praticamente uma cópia do antro de tortura que dá pelo nome de Campo Pequeno.

Ainda de acordo com o tauricida as touradas que terão inicío em Maio serão sem sangrar o animal ou seja com velcro mas depois se verá.

Diz ainda o retardado mental que neste momento existem conversações a nível governamental entre Portugal e a China no que respeita à sanidade e exportação de animais, bem como à exportação de sémen dos bovinos, porquanto, embora existam vários touros na China os mesmos não têm a genética e a casta dos touros portugueses. Caso o governo português não dê autorização para estas exportações então a alternativa será recorrer a touros mexicanos.

Neste século foram várias as tentativas para exportar touradas para a China, e à excepção de Xangai que em 2004 autorizou duas touradas à espanhola mas sem a morte dos bovinos e que foram um verdadeiro fiasco, todas as outras não foram autorizadas pelo governo chinês.

Se o governo chinês autorizar esta barbaridade em 2018, tal só vem provar, que ao contrário de evoluir continua a involuir algo que não nos supreenderá, uma vez, que um governo que espezinha os direitos humanos jamais levantará um dedo para respeitar e proteger os animais!

Já no que diz respeito ao governo português, caso autorize a exportação de animais e sémen para uma prática bárbara, só podemos dizer que enquanto a maioria dos países civilizados exportam cultura, o nosso governo exporta tortura e isso diz e muito de um país que se afirma como de primeiro mundo!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 1 de Fevereiro de 2018

O Grunho do PSD ao Serviço da Tauromáfia

Feliciano Barreiras Duarte deputado do PSD escrevinhou um artigo no jornal “Sol” intitulado a “A Tauromaquia em Portugal e os novos inquisidores” no qual afirma e citamos:

“Eu não aceito – e nunca aceitarei – que os animais tenham mais direitos do que as pessoas. Não aceito que o Estado se meta com costumes e tradições que são parte das identidades de comunidades e de territórios, como no caso das touradas sucede com o Alentejo e o Ribatejo, e depois recuse apoiar as pessoas mais frágeis da nossa sociedade. Como certa vez escrevi, «esta espécie de declínio do valor da pessoa em favor do poder dos animais e da bicharada é protagonizada por gente que convive bem com misérias humanas junto à sua porta».

Por mim, que respeito os animais, também respeito as tradições populares, como a tourada, mesmo não sendo um seu aficionado. Mas, acima de tudo, respeito as pessoas e não transijo com este novo pensamento quase totalitário que pretende despojar os povos das suas legítimas tradições, ao mesmo tempo que condena as pessoas ao abandono e à solidão.”

Se este tipo tivesse dois neurónios funcionais saberia que ninguém quer que os animais tenham mais direitos que as pessoas, mas como não tem, arroga-se o direito de dizer parvoíces só porque sim.

Já quanto ao pensamento totalitário que pretende despojar os povos das suas legítimas tradições alguém o deveria informar  que torturar e matar bovinos para entertenimento de uns quantos nada tem a ver com tradições mas sim com negócio, porque é disso que se trata os ganadeiros criam touros porque recebem subsídios e vendem-nos ao melhor preço para serem torturados e os tauricidas torturam-nos porque lhes pagam e bem para o fazer.

Mais um deputado que envergonha os portugueses não só por desconhecer que a tauromaquia não é uma tradição ou um costume mas sim um negócio, e pior que isso, por afirmar que os que defendem a abolição da mesma são gente que convive bem com misérias humanas junto à sua porta esquecendo-se, convenientemente, que o partido a que pertence enquanto foi governo conviveu e bem com a miséria humana sem nunca se preocupar com isso!

Enfim mais um retardado mental comprado pela máfia tauromáquica para debitar anormalidades e que se tivesse um pingo de vergonha na cara demitir-se-ia depois de ter escrito estas bestialidades.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 23 de Janeiro de 2018

Querida, Inflacionei as Estatísticas

Não, não é uma cena do filme “Querida, Aumentei as Crianças” mas sim uma cena do filme Relatório da Actividade Tauromáquica 2017 no  qual a realizadora e produtora IGAC aumenta o número de espectadores em praças de touros quando o número de espectáculos tauromáquicos foi o mais baixo de sempre.

Que a bota não bate com a perdigota não é culpa das malvadas estatísticas mas sim do olhómetro. Sempre foi e sempre será e não é que o malvado ao longo de todos estes anos nunca foi acusado e levado à barra do tribunal!

E as pessoas perguntam-se porquê?

Tal deve-se ao facto do olhómetro, como já o dissemos várias vezes, pertencer aos tipos que trabalham para a IGAC tipos esses, que curiosamente, têm vastos interesses na indústria tauromáquica daí que ninguém questione números.

Ironias e filmes à parte só mesmo totós para acreditar que o aumento do número de espectadores nas touradas plasmado no relatório da IGAC é credível.

No dia em que estes números forem baseados em bilhetes vendidos/oferecidos então sim estaremos perante estatísticas credíveis, até lá, é mesmo caso para dizer querida, inflacionei as estatísticas!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 22 de Janeiro de 2018

A Medalha de Mérito Que Envergonha Alcochete

A Câmara Municipal de Alcochete atribuiu a título póstumo a medalha de Honra da Restauração do Concelho por méritos na cultura e ciência ao forcado Fernando Quintela.

Tal título foi atribuído e citamos “ pela forma exemplar de estar na vida e pelo seu desempenho e dedicação à arte de pegar toiros enquanto membro do grupo de forcados amadores de Alcochete”.

Obviamente, que para as câmaras municipais vendidas à máfia tauromáquica, tudo é pretexto para agraciar tauricidas e forcados tal como tudo é pretexto para subsidiar a bandalhagem mas outorgar uma medalha por mérito na cultura e ciência a um homem que não sabia fazer mais nada na vida que abusar de animais moribundos é realmente gozar com o pagode.

Cultura? Ciência?

Desde quando é que abusar de animais é cultura ou ciência?

Desde quando é que um bando de abrutalhados que abusam de animais e vivem toldados pelo vinho são cultura ou ciência?

Atribuir esta medalha a um tipo que abusou de dezenas e dezenas de bovinos é um insulto a todos os cientistas e pessoas cultas.

Se este país fosse sério e soubesse o que na realidade é cultura e ciência há muito que todos os autarcas que defendem e premeiam a tauromaquia teriam sido exonerados dos seus cargos!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 18 de Janeiro de 2018

A Vampiragem Tauromáquica Continua a Doutrinar Crianças

A Oficina da Criança da Câmara Municipal de Alcácer do Sal, com o apoio da responsável educadora Isabel Correia, convidou o bandarilheiro João Pedro Silva para dar a conhecer a criancinhas dos 6 aos 10 anos a “arte” tauromáquica.

Perante a assistência de vários miúdos o tauricida mostrou-lhes trajes, capotes, muletas, etc e fez uma demonstração de toureio.

Como se não bastasse certas escolas fomentarem a barbarbaridade, agora também temos uma autarquia a fazer o mesmo, e como se tal não fosse inadmissível e vergonhoso, ainda por cima a mesma contou com o apoio da responsável ou melhor da irresponsável pela educação destes menores!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 16 de Janeiro de 2018

Acabou a Corrupção na IGAC e na DGAV?

A Direcção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) e a Inspecção Geral das Actividades Culturais (IGAC) reuniram com os tauromafiosos para que os mesmos cumpram o novo regulamento tauromáquico RET e as normas europeias relativas ao bem-estar animal.

As exigências passam pela inclusão de mais um médico veterinário no espectáculo de tortura para além do existente na direcção da tourada, a obrigatoriedade da indicação prévia dos destino dos animais após serem torturados bem como a duração e qualidade do transporte. As condições dos curros passarão a ser verificadas bem como o tratamento dos bovinos no momento imediato ao final da lide. O registo das movimentações dos equídeos passará também a ser obrigatório.

Nas praças de touros portáteis os curros têm que estar sempre à sombra.

Sobre estas novas regras, o presidente da APET-Associação Nacional de Empresários Tauromáquicos, Paulo Pessoa de Carvalho afirmou a uma website tauromafiosa e citamos:

“Há bastantes queixas por parte das associações anti-taurinas, e nesse sentido a DGAV e a IGAC pretendem um melhor ajustamento das regras do bem-estar animal, que estão explícitas nestas novas normas, que serão colocadas em prática já a partir de 1 de Fevereiro.
Tal como os anti-taurinos estão organizados, e quase profissionalizados, também nós temos a obrigação de profissionalizar a produção do espectáculo tauromáquico… é verdade que tem custos, mas só com uma festa mais profissional conseguiremos ser mais fortes”.

Estas exigências provam algo que sempre afirmámos, ou seja, que as leis e regulamentos neste país são para inglês ver e que as autoridades que deveriam fazer cumprir o RET andaram nestes últimos quatros anos a assobiar para o lado!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 12 de Janeiro de 2018

Os Mamões da “Prótoiro” Querem Mais Euros

Como os milhões que recebem a título de subsídios europeus, estatais e camarários não são suficientes a tauromáfia quer mais.

No dia 10 a “prótoiro” reuniu com o Ministério da Cultura para pedir a redução do IVA nas touradas.

Mas esse não foi o único pedido, os bastardos querem mais, como seja apoios à criação artística, o desenvolvimento de projectos de valorização do património material e imaterial da incultura tauromáquica, aumento da visibilidade da incultura tauromáquica nos canais oficiais do Turismo de Portugal e a continuação das transmissões de tortura na RTP – Reles Televisão Portuguesa.

Para além dos milhões que esmifram dos bolsos dos contribuintes ainda querem mais!

Sem dúvida que esta federação merdosa tem uma lata do caraças e só faltou mesmo pedir que lhe lavem o rabinho com água de malvas!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Older Posts »

Categorias