Publicado por: Prótouro | 10 de Julho de 2020

Um Parlamento Cheio de Cavernícolas

A rejeição pela maioria do deputados da Assembleia da República de uma ILP de cidadãos e de projectos-lei do PAN, PEV e BE para acabar com a obscenidade dos subsídos à indústria tauromáquica só demonstra que estão vendidos a essa indústria e que se estão nas tintas para o que é prioritário para o país especialmente em tempo de pandemia.

Só para darmos um exemplo os profissionais de saúde que têm trabalhado duramente sem parar recebem uns tostões e a tauromáfia continua a receber milhões porque uma maioria de deputados corruptos continuam a votar a favor da atribuição de subsídios a essa trampa justificando que a mesma é cultura.

Veja-se a “cultura” ridícula desta deputada do PSD.

fernanda velez psd

Não temos por hábito gritar mas neste caso não há como evitar porque AFIRMAR QUE A TORTURA É CULTURA É PASSAR UM ATESTADO DE ESTUPIDEZ A TODOS OS PORTUGUESES.

Nós portugueses empáticos que lutamos pela abolição da tauromaquia não esquecemos os partidos que votaram pela continuidade dos subsídios e os que votaram contra e como tal deixaremos os ajustes de contas para as próximas eleições.

Até lá e uma vez que para a maioria dos deputados a “arte” de torturar seres sencientes num espectáculo público é tradição e cultura e como tal tem que ser pago por todos nós então em que tal deixarmos de pagar impostos é que fugir aos impostos também tradição e cultura!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 8 de Julho de 2020

A Indústria Tauromáquica e a Falácia da Perda de Empregos

Após termos ouvido o esclerosado Miguel Sousa Tavares afirmar na TVI que se as touradas acabassem perder-se-iam milhares de postos de trabalho republicamos um artigo escrito por nós em 16/7/2012 que continua actual e prova exactamente o contrário do que foi afirmado.

Um dos argumentos da indústria tauromáquica reside na afirmação que se as touradas acabassem milhares de postos de trabalho perder-se-iam!

centro de emprego

Não são milhares e a maioria nem sequer pode ser considerada como verdadeiro posto de trabalho.

Muitos desses postos de trabalho são sazonais e quem os ocupa tem outro tipo de trabalho caso contrário como é que sobreviveria o resto do ano?

De acordo com um “parecer” da “prótoiro” entregue no princípio deste ano na Assembleia da República, para organizar uma tourada são precisas 175 pessoas que vão desde o pessoal dos curros, bilheteiros, banda, bombeiros, polícia e trabalhadores dos bares.

O pessoal dos curros, os bilheteiros, a banda e os trabalhadores dos bares só trabalham quando há espectáculos, ou seja muitas vezes aos fins de semana, se estes fossem os seus únicos postos de trabalho morreriam de fome.

Quanto aos bombeiros e à polícia é totalmente absurdo a sua inclusão neste “parecer”, porque enquanto estes elementos são desviados para dar cobertura a esta actividade deixam de estar onde são realmente precisos; combate à criminalidade e ajuda a pessoas vítimas de acidentes ou combate a incêndios.

Mas continuemos a analisar o dito “parecer”.

“Existem 14 delegados técnicos tauromáquicos e 15 veterinários taurinos”. Uma vez mais todas estas pessoas não vivem disto têm outros postos de trabalho.

“37 cavaleiros, 24 cavaleiros praticantes, 6 matadores de touros, 86 bandarilheiros, 15 bandarilheiros praticantes, 20 moços de espada e 30 emboladores”.

Cavaleiros, toureiros, etc, a maioria deles têm outras fontes de rendimento, tal como ganadarias onde criam outros animais à parte dos touros de lide, isto para não falar dos subsídios que recebem por essa actividade.

“Existem 48 grupos de forcados que totalizam 1.440 moços de forcado”.
Esta actividade não é um emprego todos eles têm outros postos de trabalho e mais, segundo eles nem sequer recebem nada por pegar touros.

“Existem 120 promotores de espectáculos tauromáquicos”.

Uma vez mais nem todos eles vivem exclusivamente dessa “profissão”, muitos deles têm outras, e mesmo que só vivessem desse trabalho poderiam em vez de ser empresários de espectáculos tauromáquicos ser empresários de actividades que não envolvam a exploração e tortura de animais.

“Finalmente as 110 ganadarias existentes empregam 350 pessoas”. No entanto, estas ganadarias não criam exclusivamente touros de lide portanto, se as touradas acabassem, essas pessoas não perderiam os seus empregos.

Contas feitas onde é que estão os milhares de postos de trabalho!

Milhares de pessoas neste país perderam os seus verdadeiros empregos e a taxa de desemprego aumenta a uma velocidade impressionante.

Se as touradas fossem abolidas amanhã nenhum posto de trabalho se perderia.

Esta é tão só uma das muitas mentiras que os aficionados apregoam!

Prótouro
Pelos touros em liberdade
Publicado por: Prótouro | 7 de Julho de 2020

Parabéns Senhora Ministra da Cultura pela sua Frontalidade

A Ministra da Cultura deu uma longa entrevista ao “Notícias Magazine” e quase no fim da mesma o jornalista afirma e citamos “Se, como disse, a tourada é um atentado a civilização, só pode defender que seja proibida.”

graca fonseca1

A resposta foi e citamos:

“Acredito firmemente – e é algo que me define mesmo – que nenhum ser humano pode tratar mal um ser vivo. É um princípio absolutamente estrutural em mim, define-me e aplica-se a cães, a gatos, ao touro. A posição que tenho decorre disto e como, apesar de ser ministra, não deixo de ser pessoa, se vir alguém maltratar um animal intervenho. É isto que me define. Como ministra de um Ministério que tem as touradas no seu âmbito, respeito as minhas atribuições e o programa do Governo. E não estando a questão que coloca no programa do Governo não está também em cima da mesa.”

Esta senhora é sem dúvida uma lufada de ar fresco num ministério que sempre foi palco de râncios que sempre se aliaram à indústria tauromáquica ao ponto de criar um conselho nacional de tauromaquia.

A tortura animal para gáudio de uma minoria não é nem nunca será cultura, portanto é imprescindível que seja erradicada de uma vez por todas deste ministério.

Quanto à Sra. Ministra da Cultura só podemos parabenizá-la pela sua frontalidade e pelas suas palavras.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 1 de Julho de 2020

Ena Tantos Milhões!!!

A tauromáfia manifestou-se hoje em Elvas durante a cerimónia de reabertura das fronteiras entre Portugal e Espanha.

Como se pode ver pela imagem eram tantos milhões que conseguiram entupir a cidade.

manif tauromafiosa elvas 1.7.2020

Então mas não são estas alminhas que afirmam que são três milhões! Então onde é que os tipos andam?

Ainda por cima não é o Alentejo que se diz maioritariamente aficionado? Elvas não fica no Alentejo?

Se a estupidez matasse estes tipos estavam todos a fazer tijolo.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 25 de Junho de 2020

Forcados “Valentões” Metem o Rabinho Entre as Pernas

A Associação Nacional de Forcados que tinha convocado marchas tauromafiosas para o próximo dia 27 em várias localidades do país, anunciou numa conferência de imprensa, que as mesmas foram adiadas para uma data possível. Nós diríamos que foram adiadas para o dia de são nunca à tarde.

marcha tauromafiosa

Estes abusadores e torturadores de animais afirmam que são discriminados já que o governo tudo tem feito para não permitir a reabertura das praças de touros. Dizem também que a cultura não se censura e por aí fora e como tal anunciaram que a “prótoiro” vai processar o governo.

Como todos nós sabemos a “prótoiro” é perita em processar mas das duas uma ou os tribunais enfiam os processos na gaveta ou os ditos cujos nunca lá entram!

Vão-se catar pázinhos a cultura não se censura é um facto já quanto à tortura de seres sencientes essa nem sequer é uma questão de censura é uma questão de ABOLIÇÃO!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 19 de Junho de 2020

Oito Anos a Denunciar o Mundinho Tauromafioso

Quando iniciámos este blogue nunca nos passou pela cabeça que o mesmo durasse tanto tempo porque não é fácil manter um blogue que com raras execepções se dedica somente a denunciar o mundinho tauromafioso. Muitos blogues que   faziam o mesmo desapareceram.

Lamentamos que os mesmos tenham desaparecido porque quantos mais melhor mas nós sabemos que não é fácil.

bezerro no seu habitat

2020 está a ser um ano atípico já que devido à pandemia pouco ou nada há dizer, a não ser quando os aficionados e quejandos se arvoram em desgraçaditos porque não podem torturar animais e como pedinchas que são querem mais e mais subsídios para manter uma actividade cruel e asquerosa e ainda têm a distinta lata de afirmar que passam fome quando a grande maioria deles vive à grande e à francesa graças aos ditos subsídios que todos nós pagamos.

Seria maravilhoso que 2020 fosse um ano livre de tortura de bovinos, mas como todos sabemos, mais tarde ou mais cedo as praças de touros vão reabrir e a tortura destes magnifícos animais vai continuar, para que uma minoria de mentecaptos se continue a deliciar e a divertir com um espectáculo deplorável que ainda é permitido em pouquissímos países graças aos governos que se deixam corromper pelos lobbies tauromafiosos e graças aos indiferentes que em pleno séc. XXI ainda afirmam que não gostam, não assistem mas que respeitam os direitos daqueles que gostam e assistem.

Quanto aos indiferentes, que infelizmente, são uma grande maioria seria bom que percebessem de uma vez por todas que tirar a vida a um ser senciente em nome seja do que for não é um direito mas sim um crime!

Para terminar dois vídeos que para nós são a melhor homenagem a aos milhões de bovinos que ao longo de alguns séculos foram e continuam a ser mortos em nome de uma aberração que dá pelo nome de tauromaquia.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 18 de Junho de 2020

Neste País a Tauromáfia Está Acima da Lei

De acordo com decisão governamental e devido à Covid-19 as praças de touros e as instalações tauromáquicas estão encerradas até dia 29 de Junho, no entanto, várias escolas de tauricidas abriram as portas na segunda semana de Junho como por exemplo a da Moita e a de Vila Franca de Xira.

escola toureio Moita

escola toureio VFX

Se uma “escola” de toureio não é uma instalação tauromáquica então alguém que nos explique que raio é uma instalação tauromáquica!

A tauromáfia queixa-se que é discriminada e etc e tal, mas na verdade, continua a fazer o que bem quer e lhe apetece porque nesta república das bananas ninguém faz cumprir a lei ou neste caso as decisões da DGS e do Governo!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 7 de Junho de 2020

Isabel Moreira a Deputada Inútil

A deputada Isabel Moreira do PS à falta de protagonismo decidiu atacar o PAN afirmando que o mesmo é um partido populista e perigoso.

isabel moreira

A estúpida afirmação tem a ver com o facto da dita cuja e – muito outros ditos cujos que também atacaram o PAN – não conseguir perceber a sátira do André Silva quando disse e citamos:

“Na segunda-feira tive uma visão de futuro no Campo Pequeno: lá dentro, cultura; cá fora, artistas tauromáquicos algemados. Que maravilha!”

A 2ª feira referida pelo deputado foi o dia 1 de Junho quando quatro tauromafiosos se algemaram ao portão do Campo Pequeno para uma reportagem da TVI encomendada pela “prótoiro”.

André Silva na sua página Facebook respondeu à deputada afirmando entre outras coisas que a mesma representa o pior que existe neste sistema político ou seja a aversão à mudança e ao aprofundamento da transparência.

Após a resposta de André Silva a deputada acusou o mesmo de ser um venturinha caluniador.

E não contente com tamanha bacorada ainda teve a distinta latosa de afirmar e citamos:

“Fiquei a saber que quer o fim das touradas mesmo contra a lei e geme alegre com toureiros acorrentados, esses selvagens, claro.”

Uma deputada que está no parlamento desde 2011 só agora é que ficou a saber que o PAN apresentou um projecto-lei para abolir as touradas na anterior legislatura!

E andamos nós a pagar o salário a resmas de deputados que nem sequer sabem o que andam a fazer no parlamento, e no caso desta tipa, que por acaso até é jurista, ainda é pior porque pelos vistos não sabe que o parlamento tem o poder de legislar para revogar qualquer lei ou no caso da tauromaquia um decreto-lei.

Mas como todos nós sabemos a sua especialidade não é propriamente a de jurista, mas sim, a de pintar as unhas no local de trabalho!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 4 de Junho de 2020

A Actriz Frustrada que Defende Tauricidas

Não há muitos anos a actriz Maria Vieira insurgia-se contra touradas e circos com animais.

Em regra com o avançar da idade a maioria das pessoas tornam-se mais sábias outras embrutecem como é o caso da Maria Vieira.

maria vieira

A dita cuja que hoje em dia defende escumalha populista, racista e etc, publicou no Facebook um post em que ataca o espectáculo do Bruno Nogueira no Campo Pequeno e citamos:

“Entretanto, aqueles que gostam de ver touradas, na Praça de Touros do Campo Pequeno, terão de se contentar a ver os toureiros acorrentados às portas do recinto, porque os espectadores das touradas não têm os mesmos direitos que os espectadores de eventos realizados pelos artistas fofinhos da Esquerda!”

Nos vários comentários ao post que a criticam por defender a tauromaquia a tipa afirma que não gosta de touradas nunca assistiu mas que defende os direitos daqueles que vivem do negócio da tortura porque quem não gosta não vai.

Maria Vieira tu envergonhas a classe a que pertences, tu envergonhas todos os artistas e falamos daqueles que criam obras de arte não daqueles que dizem ser artistas e que torturam e matam seres sencientes.

O sol quando nasce é para todos, já quanto à inteligência essa varia, e tu sem sombra de dúvidas não a tens porque infelizmente quando abres a boca demonstras que mais não és que uma simples analfabeta fascista!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: Prótouro | 1 de Junho de 2020

Tauricidas Birrentos Acorrentam-se à Catedral da Tortura

Quatro tauricidas acorrentaram-se ao portão do Campo Pequeno para pedincharem mais dinheiro.

1.6.2020 tauricidas campo pequeno

Dizem eles que o governo não os respeita e que querem touradas a partir de 15 de Junho porque estão a passar por muitas dificuldades.

Dificuldades? Os bandalhos da foto não estão a passar nenhumas dificuldades, bem pelo contrário, são gajos cheios de papel com negócios paralelos. Estes e todos os demais graças aos chorudos subsídios que recebem do Estado não passam dificuldades.

Para as 18h está marcada uma manif que durará até às 21,30.

A birra desta gentalha e a escolha do dia de hoje para fazer esta triste figura, deve-se ao facto, do Campo Pequeno abrir hoje para um espectáculo cultural e não de tortura e porque segundo eles o Presidente da República e a Ministra da Cultura vão estar presentes.

Ora acontece que vão ter uma grande decepção 🙂 porque nenhum dos dois estará presente. A Ministra da Cultura vai estar hoje no programa da RTP Prós e Contras e o PR só assistirá ao espectáculo amanhã.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Older Posts »

Categorias