Publicado por: protouro | 2 de Abril de 2019

Aficionados Recusam Financiar os Chulos da “Prótoiro”

Ontem a Associação Portuguesa de Empresários Tauromáquicos reuniu no bordel do Campo Pequeno para entre outros assuntos negociar o financiamento da federação de parasitas que dá pelo nome de “prótoiro”.

os chulos da protoiro

A proposta apresentada para financiar a “prótoiro” e que foi chumbada implicava que os empresários tauromáquicos pagariam uma taxa de 88 cêntimos por bilhete vendido independentemente da lotação da praça.

Esta é a federação que cobra quotas a todos que a integram, recebe dinheiro por cada tourada realizada, vende merdices e que ainda assim pasmem-se apresentou para 2019 um orçamento de 100.000 euros.

Nada que nos surpreenda porque precisam de muito dinheirinho para viagens e para pagar fartas almoçaradas e jantaradas às Patrícias Fonsecas e aos Carlos Césares da Assembleia da República!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios
Publicado por: protouro | 21 de Março de 2019

Papa Abençoa Tauricida Zarolho

Ontem depois da Audiência Geral no Vaticano o Papa Francisco saudou o tauricida Padilla e a sua família.

Padilla e Papa

Neste encontro o Papa abençoou uma foto da família e uma medalha e o tauricida agradeceu a Deus a protecção na sua vida professional.

Mais um católico fedorento que se encomenda a Deus e depois vai matar alegremente seres sencientes.

Quanto à Igreja Católica nada que nos espante já que a mesma anda de mãos dadas com a tauromáfia.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 18 de Março de 2019

O Que é que o Traseiro Tem a Ver com as Calças

Para quem não saiba a Lara Vicente aquela tipa que leva os filhos a todas as touradas nem que sejam às duas da matina tem um blogue intitulado “aos olhos de uma aficionada”.

Por acaso o nome até foi bem escolhido porque os olhos desta tipa espelham a falta de inteligência e ignorância, caso contrário, não faria comparações absurdas como as que fez num post onde compara direitos humanos com um reality show onde andam todos nus e ao mesmo tempo aproveita para atacar o PAN.

lara vicente 2

Num artigo onde mistura alhos com bugalhos afirma que lhe dá vontade de dizer a todos os deputados do PAN que e citamos “Vão pastar com a defesa dos direitos humanos.”

E tudo isto porquê porque segundo a dita cuja e voltamos a citar:

“Cada um de vocês que vem publicamente nas televisões apregoar a defesa dos direitos humanos no que diz respeito a todas as crianças em relação à tauromaquia, e depois se esconde e se cala perante estas aberrações televisivas que cada vez mais são presença.

Mas anda tudo louco??? Vêm falar de violência para as crianças em relação a uma corrida de toiros que passa as 22h em canal aberto, e depois esta merda de programa que coloca as pessoas completamente nuas em tv, que andam nuas pelas ruas (algo que é considerado crime em Portugal), que passam necessidades a todos os níveis, então e aqui onde fica os direitos humanos???”

E para completar o ramalhete de idiocias cita os artigos 5º, 12º e 25º da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Ai Lara, Lara se não abusasses tanto da pinga perceberias que não é possível comparar pessoas que por sua livre vontade decidem aparecer nuas num programa com touros que contra a sua vontade são violenta e cruelmente torturados em touradas .

Sabes que mais devias seguir o teu próprio conselho que é quem não gosta não vê e a televisão tem um botão que permite mudar de canal.

Mais uma para provar que esta tipa tem a tripa cagueira ligada ao cérebro e…

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 11 de Março de 2019

O Mundo Vê-nos Como um País Atrasado Graças à Tauromaquia

A Agência France-Presse publicou um artigo intitulado “A cultura tauromáquica em Portugal atrai crianças para aumentar a sua audiência” artigo esse que correu mundo.

A foto que ilustra o mesmo afirma e citamos: “Um aprendiz de toureiro espera para demonstrar a sua aptidão durante o dia da tauromaquia na praça de touros do Campo Pequeno”.

france press dia da tauromaquia

A France- Presse vai mesmo ao ponto de afirmar que a tradição das touradas em Portugal está de joelhos sendo que nos últimos dez anos o número de espectadores diminuiu para mais de metade, portanto, a solução passa por atrair crianças para que as mesmas se tornem aficionadas.

O artigo em questão demonstra de forma contundente como somos vistos lá fora. Um país atrasado que permite que crianças arrisquem a vida em demonstrações de violência contra seres sencientes. Um país que se está literalmente borrifando para os adultos de amanhã. E como todos nós sabemos violência atrai violência e as crianças de hoje expostas à mesma serão os adultos violentos de amanhã.

Portanto não é para admirar que este país se tenha tornado num país brutal no qual a violência doméstica impera e a prova é que no corrente ano e no espaço de três meses doze mulheres foram assassinadas às mãos de companheiros e maridos.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 8 de Março de 2019

Autarquia Subsidia Praça de Touros de Almeirim

A Santa Casa da Misericórdia de Almeirim proprietária da praça de tortura da vilória decidiu fazer obras de requalificação no bordel que alberga duas touradas por ano sempre com prejuízos. As obras custaram cerca de 800 mil euros.

arena de almeirim

Ora acontece que os tais 800 mil euros não foram completamente suportados pela Santa Casa já que a câmara municipal subsidiou as mesmas com 200 mil euros.

Pois é e lá vão mais 200 mil euros do erário público para a trampa da tauromaquia.

Este país é sem sombra de dúvidas uma autêntica república bananeira!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 1 de Março de 2019

Mais 6.000 Euros do Erário Público para a Tauromáfia

A Câmara Municipal de Arronches lançou um concurso público para a organização de uma tourada no dia 21 de Junho.

De acordo com o caderno de encargos a autarquia subsidiará com 6.000 euros mais IVA o empresário que organizar a corrida bem como prestará todo o apoio logístico.

c.m. arronches caderno encargos

E assim vai este país onde as autarquias gastam guito à tripa-forra com a porcaria da tauromaquia sem que ninguém ponha travão nesta vergonhosa delapidação de dinheiros públicos.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 25 de Fevereiro de 2019

Dia da Tauromáfia Mais um Estenderete

Para a tauromáfia o chamado dia da tauromaquia foi um sucesso com milhares aficionados no Campo Pequeno.

A aldrabice destes gajos não conhece limites, uma vez que basta percorrer a galeria de fotografias de todos os blogues e websites tauromafiosos, para constatar que todas as actividades estavam praticamente vazias, como por exemplo, a exibição de uma bestialidade que foi inventariada como património cultural imaterial de Portugal à revelia dos portugueses e que dá pelo nome de tourada ao forcão.

CP 23.2.2019 tourada ao forcao

Quanto ao festival tauromáquico estava quase cheio mas tal deveu-se ao facto, que nem eles escondem, que dezenas de autarquias ofereceram autocarros municipais para trazerem pessoal para o bordel.

Barrancos o lugarejo meio espanhol meio português que envergonha o país disponibilizou um autocarro que transportou 50 pessoas.

barrancus CP 23.2.2019

Para quem afirma que o tal dia foi um sucesso nada melhor que continhas, porque de acordo com o presidente da “prótoiro” Paulo Pessoa de Carvalho foram vendidos 4.500 bilhetes numa praça que a tem a capacidade de 6.848 lugares o que significa que todos os outros lugares preenchidos foram borlas.

Assim sendo qual foi o sucesso?

O “sucesso” foi o mesmo do bullfest em 2017 onde gastaram 60.000 euros e tiveram prejuízo.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

 

Publicado por: protouro | 23 de Fevereiro de 2019

A “Prótoiro” Precisa de Dinheiro 😂

Na última reunião da APET – Associação Nacional de Empresários Tauromáquicos foram apresentadas propostas no sentido de financiar a “prótoiro” já que ao que consta o mealheiro da dita cuja está vazio.

mealheiro da protoiro

Segundo a tauromáfia os custos da “prótoiro” foram de 70.000 euros e como tal a mesma precisa de aumentar as suas fontes de receita.

Não esqueçamos que a federação da treta é financiada por empresários, toureiros, grupos de forcados e venda de porcarias tais como t-shirts, autocolantes e pulseirinhas.

Se desconhecemos a quantia que os toureiros, grupos de forcados e etc pagam em quotas, ficámos a saber, através de um blogue tauromafioso, que os empresários tauromáquicos pagam à mesma 100 euros por espectáculo em bordéis de 3ª categoria, 200 em praças de 2ª categoria e 300 em antros de 1ª categoria.

A proposta avançada foi aumentar de 100 para 300, de 200 para 500 e de 300 para 700 euros as quantias a pagar à merdosa federação.

Uma outra proposta seria o pagamento de 90 cêntimos por cada bilhete vendido em cada espectáculo, algo, que está a pôr os empresários à beira de um ataque de nervos, porque acordo com um deles, em 3000 bilhetes vendidos doar 90 cêntimos por bilhete significaria que o empresário teria que pagar 2.700 euros algo que muitas vezes não chega a ser o lucro de um espectáculo.

Assim sendo alguns deles afirmam que a única forma de suportar esta medida seria aumentar o preço dos bilhetes ou seja pôr os aficionados a pagar.

Olha que novidade nós sempre afirmámos que a descida do IVA não iria fazer descer o preço dos bilhetes e quem beneficiaria da mesma seriam os bolsos dos empresários.

Pois é a “prótoiro” é uma máquina de sugar dinheiro,  dinheiro esse que gasta a corromper deputados e em viagens ao estrangeiro para participar em conferências de trampa onde se entretem a discutir como evitar o que é invitável ou seja a abolição da tauromaquia.

Pelo andar da carruagem é caso para dizer que a “prótoiro” vai acabar com a tauromaquia mais depressa que nós os abolicionistas!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 21 de Fevereiro de 2019

Contribuintes Europeus Continuarão a Sustentar Proxenetas

A Comissão do Meio Ambiente no Parlamento Europeu (ENVI) rejeitou no passado dia 14 uma proposta apresentada pelo Grupo da Esquerda Unitária Europeia Verde que tinha como finalidade acabar com os subsídios aos criadores de touros de lide a partir de 2021.

bovino

Portanto ao abrigo da Política Agrícola Comum (PAC) os proxenetas de bovinos vão continuar a mamar chorudos subsídios pagos por todos os europeus.

Uma vergonha, uma autêntica vergonha mas o que é que se pode esperar de uma trampa que dá pelo nome de União Europeia?

Nada porque como todos sabemos a mesma está vendida aos grandes interesses económicos e está-se nas tintas para os cidadãos.

Nas próximas eleições europeias não votem em bandalhos.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Publicado por: protouro | 14 de Fevereiro de 2019

Ex-Forcado Rejeitado pela IGAC Põe a Boca no Trombone

António Galveias ex-forcado do Aposento da Moita candidatou-se ao concurso promovido pela IGAC para novos directores de corrida e reprovou.

Devido a tal facto o mesmo enviou uma carta ao Inspector-Geral das Actividades Culturais onde acusa a IGAC de desconhecimento, ignorância, inexperiência, ineficiência e negligência em todo o processo.

antonio galveias

A longa carta afirma a dada altura e citamos:

“O espetáculo tauromáquico está ferido de ilegalidade por atuação exclusiva da IGAC, pondo inclusivamente em causa a realização dos próprios espetáculos no que respeita à sua segurança e validade:
– Enfermarias sem condições, equipas médicas sem qualificações, ausência de curros, permanência de reses a lidar dentro dos veículos de transporte, falsa informação ao público, incumprimento da ferragem, inobservância das exigências previstas para o recinto, apenas para referenciar algumas das irregularidades constantes e permanentes.(sic)”

Estas acusações que acreditamos serem verazes denunciam que a IGAC no que toca à tauromaquia está vendida e de que maneira ao lobby tauromáquico, e consequentemente, provam uma vez mais que todos nós pagamos para uma entidade que não fiscaliza rigorosamente nada.

Já que este país da treta tem um decreto-lei que regula a barbárie tauromáquica há que acabar com esta bandalheira ou bem que a IGAC faz cumprir o decreto ou então extinga-se a IGAC e ao mesmo tempo passe-se a porcaria da tauromaquia para a tutela do Ministério da Administração Interna já que um espectáculo violento e cruel não é um caso de cultura mas sim um caso de polícia!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

« Newer Posts - Older Posts »

Categorias