Publicado por: Prótouro | 8 de Setembro de 2019

A Tauromáfia Escolheu e Bem Quem a Representa

Se a intenção da tauromáfia era desacreditar ainda mais a tauromaquia então está de parabéns ao escolher como interlocutor o Helder Milheiro.

O brilhantina é de facto um perito em dar tiros nos pés e a prova que o mundinho tauromafioso mais não é que uma cambada de mentecatpos.

A “prótoiro” desde a sua criação teve vários porta-vozes que eram imbecis mas nenhum tão cretinóide como o Milheiro, e nesta altura do campeonato, deve estar arrependida por ter dado um pontapé no traseiro do José Carmo Reis porque de todos os que passaram pela dita cuja ele era o que melhor defendia o indefensável.

O Milheiro é o tipo de gajo que quando abre a boca vomita com arrogância e superioridade o que só ele sabe vomitar e ao fazê-lo angaria e de que maneira mais indiferentes para a causa abolicionista e a prová-lo a estúpida pergunta que o mesmo fez ao deputado do PAN André Silva na TVI.

“Em declarações ao jornal Expresso, afirmou que, e cito, “há características mais humanas num chimpanzé ou num cão do que numa pessoa que está em coma…”. Esta frase expressa o animalismo que é a base ideológica do PAN, que ao equiparar humanos e animais, ataca os direitos humanos. O que tem a dizer aos portugueses que estão lá em casa e que têm familiares em coma, quando considera que um chimpanzé ou um cão são mais humanos do que os seus familiares?”

milheiro na tvi

A pergunta nada tinha a ver com o programa eleitoral do partido , nada tinha a ver com touradas, no entanto, a “prótoiro” afirma que com essa pergunta engasgou o deputado e provou que o PAN não respeita os direitos humanos e só se preocupa com o animalismo.

O que o pacóvio não diz porque não lhe convêm é que o André Silva lhe respondeu à altura e o deixou com cara do que ele é ou seja um perfeito imbecilóide.

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. É difícil perceber quando um aficionado fica com cara de parvo quando essa é a sua posição por defeito…
    Mas ora vejamos, se um cão (ou um chimpanzé que seja) estiver no mesmo quarto com uma pessoa em coma e de repente há um incêndio no espaço, segundo o génio do Milheiro, a pessoa vai sair milagrosamente do coma para chamar os bombeiros é isso? Porque pela lógica do menino, um ser humano em coma continua a ter mais faculdades mentais que qualquer animal, mesmo que nem consiga limpar o rabo sem ajuda.
    Pois claro que não e este exemplo fundamenta claramente a posição do André Silva. Nessa situação os animais, seja por auto-preservação ou até para protegerem o doente, irão dar o alarme que, ironicamente, irá também salvar a pessoa indefesa. Do ponto de vista funcional, isto é, da capacidade de reagir perante uma situação complexa, até um mosquito é mais funcional que um ser humano em coma. Mas não é esse o ponto em causa, pois de outra forma o senhor teria ficado caladinho por forma a se ouvir apenas as gotas de banha derretida a caírem no tampo da mesa.
    Comparar um cão com uma pessoa faz tanto sentido como comparar um prego com uma caneta. É estúpido e claramente só um atrasadinho aficionado para achar qualquer lógica no exercício.
    Mas já comparar o emplastro na foto com um pau ensebado é um grande insulto… ao pau.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias