Publicado por: Prótouro | 22 de Junho de 2019

O Disco Riscado da “Prótoiro”

Após o anúncio da demolição da praça de touros da Póvoa de Varzim a “prótoiro” apressou-se a emitir uma espécie de comunicado onde acusa o presidente da autarquia de ditador, revisionista, etc e que tudo fará para que a mesma não seja demolida porque é património cultural e como tal a câmara não tem competência para tal.

E lá volta a federação de trampa a tocar o mesmo disco riscado art. 78º da CRP, falta de competências camarárias e etc.

Este mamarracho é porventura património cultural ou seja está classificado como tal?

praca touros povoa de varzim

Não, não está e além disso o mamarracho a cair de podre e que já há muito deveria ter sido interditado pela IGAC por razões de segurança é propriedade municipal.

Assim sendo, a autarquia pode fazer o que bem quiser com o mesmo já que o equipamento lhe pertence, portanto, deixem-se de devaneios e petições porque se a autarquia cumprir com o que prometeu aquela porcaria vai mesmo abaixo para ser transformada num espaço de cultura e não de tortura!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Abaixo as touradas. A mama vai acabar para esses bastardos que vivem há custa do sofrimento e tortura animal. Escumalha assassina.

  2. Uma boa notícia!


Deixe uma Resposta para Victor da Cal Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias