Publicado por: Prótouro | 16 de Janeiro de 2019

O Declínio das Touradas

António Pica Tereno o execrável ex-autarca de Barrancos escreveu um artigo dedicado ao tauricida Bastinhas intitulado “A faena de um bravo!”

No referido artigo pergunta-se o que pensaria o tauricida sobre e citamos:

“- A falta de “afición” dos filhos de muitos aficionados…o que é que falhou na transmissão do gosto pelas corridas, do amor pelos toiros?

– Porque não se passaram os conhecimentos deste mundo tão apaixonante… de quem é a responsabilidade?

– Vemos praças quase desertas… qual a percentagem de responsabilidade que nos cabe a nós taurinos (aficionados, toureiros a pé e a cavalo, empresários, forcados, imprensa taurina e outros agentes da Festa de Toiros) por não termos agido atempadamente… pecámos por omissão?

-Vamos assistir impávidos e serenos ao declínio e morte da Festa?”

antonio pica tereno

Este é o mesmo tipo que num artigo de opinião em 2018 afirmava que a “festa” estava viva e que as praças de touros estavam sempre cheias!

Fugiu-lhe a boca para a verdade o que prova uma vez mais que cada vez que os aficionados abrem a matraca só se enterram.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias