Publicado por: protouro | 20 de Novembro de 2018

Tauromaquia nos Prós e Contras – Mais um Debate Merdoso

Alguém que tenha visto o debate e que não é a favor ou contra a tauromaquia ficou esclarecido?

A resposta é não, porque um debate em que a moderadora permite que os pró-touradas interrompam constantemente os abolicionistas transforma-se numa peixieirada e acaba por não esclarecer ninguém.

O nosso país à parte da incivilidade das touradas têm também um problema muito grave, o da incivilidade dos cidadãos que não respeitam o direito à palavra dos outros que discordam deles e este debate foi uma prova disso mesmo.

Se no debate de 2014 tínhamos o birrento da “prótoiro” a interromper sistematicamente tudo e todos, neste tivemos mais um o anormalóide Luís Capucha que para além de debitar uma resma de atrocidades ao ponto do Milheiro revirar os olhos como que a dizer este gajo é um imbecil, ainda teve a distinta lata de mandar uma boca sobre a IRA-Intervenção e Resgate Animal, algo que nada tinha a ver com o debate aquando da intervenção do neurocientista e professor da faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra João Malva.

joao malva e luis capucha

Se alguém tinha dúvidas quando afirmámos que a reportagem da TVI tinha sido encomendada pela “prótoiro” algo que até o Miguel Alvarenga afirma, depois desta boca, é caso para perguntar se os 200.000 euros que o Capucha embolsou do OPP não foram usados para pagar a dita cuja.

O ganadeiro e veterinário Joaquim Grave está completamente senil e já não diz coisa com coisa perdeu-se no que queria dizer vezes sem conta e afirmou entre outras barbaridades que a tauromaquia é uma promoção do bem-estar animal.

Resumindo e concluindo mais uma prova que os defensores do terrorismo contra touros são sempre os mesmos, a debitarem constantemente os mesmo argumentos e onde os abolicionistas são constantemente silenciados, e tal não é para admirar já que a RTP promove e organiza touradas.

O que é para admirar é que ainda existam abolicionistas que aceitam participar nestes debates de trampa!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Tenho concordado, invariavelmente e mais uma vez, com as intervenções da PRÒTOURO – pelos touros e cavalos, sempre actuais, directas, certeiras, claras, concisas, precisas. Só posso continuar a recomendar a assinatura deste impecável e irrefutável órgão de comunicação. Obrigado, PRÓTOURO!!!

    • Agradecemos as suas amáveis palavras Dr. Vasco Reis permita-nos, no entanto, fazer uma pequena correcção não somos um órgão de comunicação mas sim um blogue 😉

      • Obrigado e claro que aceito! A minha afirmação não era para vos classificar num grupo bastante mal frequentado, mas sim para realçar a vossa grande capacidade de informar e opinar muito bem e a tempo e horas. Bem hajam!!!

      • Dr. Vasco pelos touros e pelos cavalos sempre.

        Abraço abolicionista

  2. Não admira: qualquer um ou uma sem a mínima preparação para dar entrevistas é contratado/a pelos canais televisivos. Depois é o que se vê.

  3. Vivam os toiros, morte aos toureiros!

  4. Eu repito: vivam os toiros, morte aos toureiros!

  5. Encontrei este website completamente por acaso, mas fico feliz por o ter encontrado. Partilho totalmente das ideias aqui partilhadas. Eu nasci em Santarém, onde há uma cultura razoavelmente elevada pela tourada, mas nunca gostei desta desde que era criança, pois causava-me incómodo ver os animais a sofrer. A única parte da tourada que acho tolerável é a parte das pegas, pois os campinos enfrentam o touro de frente e sem tretas (apesar de ser sempre após o cavaleiro dar umas estocadas no touro…). Tudo o resto é do mais baixo nível, não consigo suportar. Espero que as touradas sejam abolidas muito em breve! É inacreditável como o PS quer baixar o IVA das touradas para o mínimo nacional (6%), uma autêntica vergonha.

    • Seja bem-vindo Sérgio. Ainda bem que não gosta de ver os animais sofrer numa tourada apesar de ter nascido em Santarém, no entanto, também não deveria gostar da parte das pegas já que os forcados e não os campinos como afirma não enfrentam o touro sem tretas, pelo contrário, abusam de um animal enfraquecido e completamente dilacerado pelas bandarilhas. Existe um mito que os forcados são valentões e tal mas isso é completamente falso. Já que gostou do nosso blogue faça uma pesquisa por forcados e ficará mais esclarecido sobre a suposta valentia dos mesmos.

      • Agradeço a sua amabilidade! Eu penso que não me expliquei muito bem: eu não gosto das touradas, nem mesmo das pegas, mas essa parte é, pelo menos, tolerável comparativamente a tudo o resto. E sim, tem razão quando afirma que os touros já estão feridos nessa altura – aliás, foi o que eu disse quando escrevi “apesar de ser sempre após o cavaleiro dar umas estocadas no touro…”. Em relação à nomenclatura, tem razão, cometi um lapso. Por fim, agradeço o seu conselho e irei pesquisar esses posts. Cumprimentos!

  6. Foi isto que escrevi lá na página da Protoiro, mas que já devem ter apagado:
    ” Gostar ou não gostar de tourada, é essencialmente uma questão de evolução civilizacional.
    Ontem no debate, para quem ainda tinha dúvidas, ficou bem patente qual das bancadas demonstrou sempre esta falta de civismo e respeito pelos outros. Eu nunca vi que alguém do lado dos contra, alguma vez interrompesse, ou sequer falasse, durante as intervenções do vosso lado.
    Ou foi só impressão minha?
    Enquanto vocês não conseguirem respeitar os vossos semelhantes como diabo querem respeitar os animais???

    • Todos os comentários na página da “prótoiro” que sejam abolicionistas são de imediato apagados porque eles são muito democratas.

    • A Fatima Campos Ferreira teve um comportamento deplorável ao permitir que os aficionados interrompessem vergonhosamente os outros intervenientes. Por isso não vi o programa todo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias