Publicado por: Prótouro | 16 de Agosto de 2018

“Têm de levar mais, filhos da puta, morram”

Este é o título de um artigo publicado no DN, onde Fernanda Câncio, denuncia os acontecimentos que tiveram lugar no passado dia 9 na praça de touros de Albufeira quando três activistas do grupo Vegan Strike foram barbaramente agredidos por tauricidas e aficionados.

Peter Janssen após ter sido algemado pela GNR foi pontapeado por um bandarilheiro nas costas sem que a GNR identificasse o agressor.

Eis a foto da besta que no video aparece de costas mas que é facilmente identificado pela cor do fatinho.

bandarilheiro agressor

Helder Silva após ter sido algemado foi agredido com uma bandarilha por um aficionado que também não foi identificado.

 

Mais agressões aconteceram fora da praça, ao ponto, de um lisboeta de férias ter sido agredido quando tentava socorrer uma mulher que estava a ser pontapeada por dois energúmenos aficionados tendo o mesmo acabado no hospital com a cabeça partida à paulada.

Questionado pela jornalista sobre estes acontecimentos Helder Milheiro da “prótoiro” que até estava presente no bordel proferiu as “pérolas” que se seguem:

“O que aconteceu foi uma ação provocatória de um grupo vegano de assalto. Este é um grupo sediado em Espanha pago por fundos internacionais de origem desconhecida e que se dedica a ações deste tipo: provocar ações de distúrbio e apresentar-se como vítimas. Os aficionados deram mostra de grande tolerância e respeito.
Estamos a falar de um crime semipúblico.A empresa apresentou queixa por danos e porque houve um número significativo de pessoas que saíram e quiseram o dinheiro do bilhete de volta.”

E quando questionado sobre a agressão de pessoas que estão incapazes de se defender afirma que não sabe se é crime porque não é jurista, e vai mais longe, afirmando que não coloca estes mercenários internacionais como pequenas vítimas.

Danos? Que danos? Quem deveria ser processado por danos é o gestor da praça de tortura que há anos que anda a enganar os turistas, sim os turistas que são os únicos que frequentam o antro, com cartazes tipo os touros não são mortos ou é um espectáculo para toda a família.

Ó Helder vai-te catar pá e já agora confessa que só não participaste nas agressões porque não estavas por perto nem tinhas bandarilhas à mão caso contrário tê-lo-ias feito.

Uma vez mais a violência tauricida em todo o seu esplendor e lamentavelmente a GNR a pactuar com a máfia tauromáquica.

À Fernanda Câncio os nossos agradecimentos pelo artigo que expõe e de que maneira o conluio entre a GNR e a máfia tauromáquica de Albufeira especialmente, tendo em conta, que há meses que o DN anda a enaltecer a tauromáfia!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. A queixa está feita. Aguardo k me digam algo. Os senhores k me atacaram não foram identificados e eu nada estava fazendo aliás estava fora do perímetro da praça de touros. QUE se faça justiça.

  2. Fernanda Câncio, vilafranquense e de uma família de tauricidas.
    Agradecimentos pela coragem.

    • Não sabíamos Vilafranquenses agradecidos pela informação.

  3. “Os aficionados deram mostra de grande tolerância e respeito.”
    Imaginem então o que fazem eles quando se enervam mesmo a sério e deixam de ser tolerantes.
    E quanto ao GNR que testemunhou uma agressão mesmo à frente do seu nariz e não identificou o bonitão de roxo, nada de novo. Há uns anos uma senhora também foi agredida por um aficionado numa manifestação pacífica e os polícias que lá estavam “não viram nada”.

    • Pois é mas desta vez os “tolerantes” foram captados em video, video esse que foi publicado em todos os jornais e revistas nacionais. Se face aos acontecimentos não existirem acusações contra os agressores então a justiça neste país é uma verdadeira anedota.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias