Publicado por: Prótouro | 4 de Outubro de 2017

Diário de Notícias Vende-se à Tauromáfia

Há muito que o DN deixou de ser um jornal de referência para se tornar num pasquim à caça de clickbaits mas como um mal nunca vem só, de há uns tempos a esta parte, começou também a publicar artigos a enaltecer a tauromaquia.

E quando pensávamos que o dito cujo não podia bater mais fundo eis que o mesmo nos surpreende ao incluir nos seus opinadores da treta o puto birrento da “prótoiro”.

Hélder Milheiro estreia-se no pasquim com um artigo de opinião intitulado “Touradas: sobre a coragem e a verdade no século XXI”.

O texto mais não é que um panfleto a elogiar a “coragem” dos supostos artistas que chacinam animais numa praça pública.

Para justificar o espectáculo aberrante tudo serve desde a citação do aficionado Orson Welles: “Os toureiros são actores a quem acontecem coisas de verdade” até pasmem-se uma citação de Nelson Mandela para justificar a coragem dos forcados: “Aprendi que a coragem não é a ausência do medo, mas o triunfo sobre ele. O homem corajoso não é aquele que não sente medo, mas o que conquista esse medo”.

E para justificar essa “coragem” sobretudo a dos forcados o rapazola afirma e citamos:

“Os forcados em particular, e a tauromaquia em geral, ensinam-nos a superar os nossos medos, a enfrentarmos o perigo com tranquilidade e elevação, a enfrentarmos a vida de frente e a “pegarmos o toiro pelos cornos”. Ensinam-nos a importância de colaborar com os outros, a agir em grupo, sendo solidários nos momentos mais difíceis, aqueles que exigem esforço e dádiva pessoal, arriscando até a própria vida para ajudar o próximo”.

Ora para desmontar toda esta verborreia do Milheirito sobre a suposta coragem dos forcaditos nada melhor que uma foto.

Não restam dúvidas, que os forcados, são homens cobardes que não agem em grupo e que mesmo tratando-se de um animal moribundo, se piram deixando os companheiros à mercê da sua sorte e já agora, foi essa “coragem” que tu tanto elogias, que matou os dois forcados que tu louvas no teu artigo.

Eles morreram graças à cobardia dos companheiros e graças a vocês aficionados que se sentam nas bancadas para aplaudir um espectáculo aberrante.

Se vocês fossem racionais, já teriam percebido há muito, que são vocês com o vosso vício anormal que contribuíram e continuarão a contribuir para estas mortes vocês, e unicamente vocês são os culpados e enquanto não conseguirem encaixar tal facto, todas as vossas lágrimas pela morte dos mesmos mais não são que lágrimas de crocodilo!

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Para mim , acabou . Nem mais um cêntimo para o Diário de Noticias !!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias