Publicado por: protouro | 9 de Setembro de 2017

A Tauromaquia é um Sorvedouro de Dinheiros Públicos

O bando de calhordas que dirige a “prótoiro” continua em negação total ao afirmar que a tauromaquia não recebe subsídios públicos.

Típico sempre que os jornais falam dos subsídios que são dados à carnificina tauromáquica, os gajos param de vender t-shirts, snifam umas coisas estranhas para acordar, e correm para os jornais a gritar que é mentira.

Dizem eles que a tauromaquia é tutelada pelo Ministério da Cultura e que não recebe um euro do mesmo. Esta é a única coisa em que a “prótoiro” não mente, já que de facto os fundos estatais dados à tauromaquia não são dados por este ministério mas sim pelo Ministério da Agricultura que financia a chamada vaca brava de lide, ou seja, a mãezinha do bovino torturado nas touradas.

Mas a aldrabice não se fica por aqui, já que também negam que a U.E. dê subsídios à tauromaquia, quando todos nós sabemos, que esses subsídios são mais que muitos e que vão desde a criação dos chamados touros de lide até à reconstrução e construção de praças de touros e centros de interpretação da tauromaquia.

Exemplos que a actividade tauromáquica é um sorvedouro de dinheiros públicos não faltam, e só mesmo canalhas para negarem as quantias que estão publicadas em Diário da República, no IFAP, etc.

Quanto aos subsídios camarários os mesmos admitem que existem mas afirmam que estão enquadrados e citamos: “No âmbito da autonomia dos municípios e das políticas de fomento cultural e económico dos mesmos, além de legítimos e exigidos pelas populações”.

Claro que as autarquias têm poder para atribuir subsídios, se bem que não vale tudo, e é por isso, que existem autoridades que as fiscalizam como por exemplo o Tribunal de Contas.

Mas mesmo que esses subsídios sejam legítimos, algo que não são, podemos dizer que são morais?

Não, não podemos porque os mesmos são desviados para uma actividade aberrante em detrimento de necessidades mais prementes da população.

Quanto ao serem exigidos pela população, não nos façam rir já que o assunto não é uma anedota porque como todos nós sabemos, não é a população que exige, mas sim uma cambada de dementes aficionados à barbaridade tais como forcados, tertúlias tauromáquicas e toda a gentalha que vive do negócio e que dá palmadinhas nas costas de autarcas corruptos  prometendo-lhes votos.

Quanto à população propriamente dita, essa nem é tida nem achada, porque se fosse, exigiria melhores cuidados de saúde, melhores transportes, melhores estradas e etc, a lista é infindável!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias