Publicado por: protouro | 8 de Abril de 2017

Aficionada Investe Contra Administração do Campo Pequeno

Solange Pinto publicou no seu blogue tauromafioso um longo artigo a desancar na administração do Campo Pequeno tudo porque a mesma não lhe deu passes para a trincheira.

Nós adoramos quando os aficionados lavam roupa suja e por isso passamos a transcrever os excertos mais picantes:

“A mim tanto me dá que tenham patrocinado um órgão de comunicação com dois meses e sem provas dadas para alegadamente rebentar com o TouroeOuro. A mim tanto me dá que alimentem e andem ao colo com um blog que lhes alimenta o ego, a mim tanto me dá que na trincheira alberguem escribas que não precisam de ali estar, a mim tanto me dá que a Sra. Dra. Paula Resende não me grame e ali ponha a sua família a ver a corrida como se estivesse no sofá de sua casa, a mim tanto me dá que esta Administração se pavoneie mais que os verdadeiros rostos do projecto Campo Pequeno pós renovação, a mim tanto se me dá que levem os amigos ou que o King Number Two tenha mandando elementos do TouroeOuro para um certo sítio, num 17 de Agosto em Coruche… Dá-me igual…! O que a mim não me dá igual, é que queiram colocar o TouroeOuro a fotografar de uma porta, como se tivéssemos de provar aquilo que não exigiram a outros que provassem…

O TouroeOuro, de uma vez por todas, admite mexer num ninho de vespas e mesmo, arriscando a picar-se e a uns inchaços, manter-se-à firme e vertical naquelas que são as suas opiniões, sejam elas referentes à temporada do Campo Pequeno ou dos toureiros que mantêm fortes ligações aos Kings de que falamos.

Não é o TouroeOuro que presume da festa ou de ser dona do Campo Pequeno quando viaja a Sevilha, não é o TouroeOuro que impõe um toureiro à praça da capital, sem que se justifique a sua repetição, só porque há eventuais interesses comissionistas, não é o TouroeOuro que faz cenas de ciúmes quando se diz bem de um cavaleiro que concorre com os do Campo Pequeno e mais, não é o TouroeOuro que paga ou pagava publicidade de um cavaleiro, com fundos insolventes…

Que critérios são os que usa o Campo Pequeno na atribuição de senhas de trincheira? E porque não age a IGAC nesta situação completamente desgovernada?”

Todas as acusações não nos surpreendem à excepção dos pagamentos a um cavaleiro com fundos insolventes o que configura um acto de gestão danosa.

Já agora e para quem não saiba o órgão de comunicação social a que ela se refere é a nova website tauromafiosa “Tauronews” e o blogue que alimenta o ego da administração da catedral da tortura é o blogue “Farpas”.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias