Publicado por: protouro | 30 de Janeiro de 2017

Mais um Exemplo de Violência Tauricida

Em Querétaro, México o jornalista do “El Universal” Olmo Martínez foi agredido pelo tauricida Alejandro Martínez Vértiz.

alejandro-martinez

O jornalista que faz reportagens na praça de touros de Juriquilla, estava a entrevistar vários tauricidas, quando Alejandro Martínez se acercou do mesmo e o levou para o pátio de quadrilhas onde começou a agredi-lo. O acontecimento foi visto por várias pessoas, incluindo os seguranças privados contratados pela praça de touros no entanto, ninguém tomou a iniciativa de acabar com a agressão. Como resultado da mesma o jornalista sofreu vários golpes na cara e no corpo.

Quantos mais exemplos como este são precisos para provar que o mundinho tauromáquico é violento? Quantos mais exemplos são necessários para provar que quem vive num mundo violento é por natureza violento? E finalmente quantos mais exemplos como este são precisos para que o legislador perceba que a violência contra animais gera violência contra seres humanos e que como tal as touradas têm que ser abolidas?

Ontem já era tarde, porque esta violência, um dia vai acabar mal e obviamente que quando tal acontecer, a responsabilidade é de todos que ao longo de vários anos tiveram nas suas mãos o poder de acabar com a mesma e que ao invés se acobardaram e se venderam ao lobby tauromáquico.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias