Publicado por: protouro | 24 de Dezembro de 2016

Os Tauromafiosos Adoram Bater na Mesma Tecla

João Aranha, aficionado e escriba no Correio da Manha debitou para o mesmo uma croniqueta intitulada “Do nascimento à extinção”.

bezerrinho-e-mama

Diz ele que é uma reflexão de fim de ano sobre o touro bravo e nessa reflexão considera que os anti-touradas e outros fundamentalistas são urbano-depressivos que nunca viram parir uma ovelha ou cobrir uma burra.

A parição da ovelha e a cobrição da burra é somente o ponto de partida para a insanidade do resto da croniqueta que mais não visa que reafirmar que o tal touro de lide está condenado à extinção se as touradas forem abolidas.

Ó homem encaixe de uma vez por todas nessa cabecinha pensadora que o touro de lide é um bovino laboratorialmente concebido e que dá muito dinheiro a quem o cria para uma aberração que se chama tourada, criação essa, que só existe devido aos milhões de subsídios que essa gentalha recebe.

No dia em que os exploradores dos supostos touros bravos deixarem de receber subsídios a criação acaba-se e nenhum deles vai chorar pela extinção de uma suposta raça antes pelo contrário chorarão porque os animais que eles tanto “amam” já não lhes enchem os bolsos!

Se a estupidez e a hipocrisia pagassem imposto os tauromafiosos deste país estavam falidos!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias