Publicado por: protouro | 27 de Agosto de 2016

Touradas e Touradas à Corda Acabam em Dundalk

As touradas à corda e as chamadas touradas sem sangue que tinham lugar em Dundalk, Canadá chegam ao fim.

Elio Leal o organizador destas práticas abjectas afirmou que nem 1.500 pessoas assistiam às ditas cujas. De acordo com as suas palavras e citamos: “Nós não temos o apoio da comunidade portuguesa e espanhola e é muito caro organizar e não posso continuar a perder dinheiro já que são precisas pelo menos 1.500 pessoas em cada tourada e eu nunca tive esse número. O máximo que tive foram 700 ou 1.000”.

Elio Leal touradas Canada

Foram precisos 11 anos para o tauricida perceber que ao contrário dele e da sua mulher a maioria dos portugueses e espanhóis que vivem no Canadá evoluiram e não estão interessados em assistir a práticas onde bovinos e cavalos são abusados.

Não nos esqueçamos que apesar de não existir visível derramamento de sangue o abuso existe e resta saber se as autoridades canadianas alguma vez investigaram estas supostas touradas com velcro porque como todos nós sabemos as mesmas são uma fábula.

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Uma boa noticia! Quanto as autoridades canadianas, basta pensar na matanca anual das focas bebes…

    (sem acentos por ter sido escrito no estrangeiro)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias