Publicado por: protouro | 5 de Setembro de 2015

O Insuportável Cheiro a Bolor dos Aficionados

Sempre que alguém lúcido e esclarecido escreve num jornal um artigo a condenar as touradas, imediatamente saem do armário bafiento os aficionados do costume e são sempre os mesmos que à falta de argumentos não hesitam em plagiar os argumentos de aficionados espanhóis ou franceses.

Depois do Summavielle é a vez do bolorento Luís Capucha sociólogo de profissão e “velho” aficionado vir em defesa da porcaria da tauromaquia, com um artigo publicado no jornal “Público” intitulado “Sobre a Festa de Toiros: falemos de democracia”, onde ataca o Juiz Desembargador Dr. Narciso Machado a propósito do artigo que este publicou no mesmo jornal, intitulado “Viana do Castelo e a abolição das touradas”.

Os argumentos apresentados por Luís Capucha são rasteiros, falsos e demonstram uma enorme pobreza de argumentação para tentar explicar porque é que um espectáculo que é contestado por milhões de pessoas em todo o mundo ainda continua a ser legal nuns poucos países primitivos.

luis capucha

No artigo em questão o sociólogo mistura alhos com bugalhos desde Misericórdias, nazis, Estado Islâmico, ratos e melgas para depois acrescentar que o touro é um animal sagrado que se teme e admira, que desperta paixão e amor e que ninguém ama os touros como os aficionados!

Nós se quisessemos misturar alhos com bugalhos também diríamos que ninguém ama mais as criancinhas que os pedófilos só para dar um exemplo.

Na realidade esta gente não ama os touros, o que esta gente ama é o dinheiro que lhes enche os bolsos ao criarem e venderem estes animais para espectáculos sanguinários, o que esta gente ama é o dinheirinho que recebem do Estado, da União Europeia e das autarquias para viverem uma vida regalada tudo o resto não passa de um conto de aficionados!

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Bem, mais um bronco parido pelas maquinas partidárias do PS, por isso a sua opinião vale o que vale, ou seja nada. Ha algum cientista, engenheiro, medico, veterinário ou afins a defender as touradas? Por outras palavras, há alguém com pedigree académico a apresentar argumentos consistentes a favor da manutenção das mesmas? Bem me parecia.. A única coisa que vejo e mais um inútil desesperado por mais uns segundos sob o holofote da relevância, Não vale a pena perder tempo com mais um rejeitado das jotinhas. Esta nulidade teve os seus 15 minutos de fama com o escândalo das Novas Oportunidades. Mais um que andou a mamar da teta do governo enquanto pode, a boa maneira aficionada, por isso não surpreende estar a vomitar disparates desta dimensão. Numa sociedade ideal, cada pessoa teria um grau de credibilidade associado com as acções que desempenha ao longo da vida. Num cenário destes, a opinião deste irrelevante seria automaticamente censurada e eu não teria que perder 10 minutos do meu tempo a constatar o óbvio.

    • Totalmente de acordo Henrique o problema é que estes broncos opinam em jornais que são lidos por milhares de pessoas e como tal todos os argumentos de trampa que apresentam têm que ser desmontados e atacados.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias