Publicado por: protouro | 30 de Abril de 2015

Tauromaquia um Sorvedouro de Dinheiros Públicos

A “prótoiro” continua a achar que uma mentira repetida até à exaustão se torna verdade, e como tal, continua a afirmar que os apoios milionários dados à tauromaquia são invenção e que o Ministério da Agricultura afirmou que não existe qualquer apoio dado à dita cuja.

Em 2013, o Ministério da Agricultura, num comunicado afirmou e citamos:

“Para além do “Prémio por vaca em aleitamento”, o Governo concede o “Prémio complementar à manutenção de raças autóctones” que “é atribuído às fêmeas de raças autóctones – Alentejana, Mertolenga e Brava de Lide, que a 1 de junho sejam exploradas em linha pura, estejam inscritas no Livro de Adultos como reprodutoras da raça, tenham parido nos 18 meses anteriores, e cujo parto seja uma cria inscrita no Livro Genealógico”.

Ora todos sabemos, que a Brava de Lide é a mãezinha do touro de lide o que significa, que as mãezinhas dos touros recebem subsídios e como os touros de lide só servem para touradas, é mais que óbvio, que estes subsídios são para a tauromaquia.

A indústria tauromáquica é altamente subvencionada e não, não vamos pôr aqui a lista de todos os subsídios porque se o fizessemos este artigo teria quilómetros no entanto, para que não venham dizer que é invenção atentem nestes dois casos de montantes recebidos nos anos 2012 e 2013 por duas ganadarias de touros de lide (dados do IFAP).

2012 jose nuncio
2013 jose nuncio

2012 murteira grave
2013 murteira grave

Refira-se para quem não saiba que a Sociedade Agrícola do Monte da Aldeia, Lda. pertence ao ganadeiro Murteira Grave.

Esta indústria é uma verdadeira máfia e muita gente desconhece que muitos destes ganadeiros, à parte das ganadarias, têm negócios paralelos também relacionados com a tauromaquia como forma de receber subsídios a duplicar e para além disso, como têm famílias numerosas é fácil para os membros das mesmas criarem sociedades unipessoais como forma de receber ainda mais subsídios.

E este tipos da “prótoiro” ainda têm a distinta lata de afirmar que a tauromaquia se auto-sustenta. Não a tauromaquia não se auto-sustenta a tauromaquia vive à pala do dinheiro que a U.E., o governo e as câmaras municipais roubam aos honestos trabalhadores com a única finalidade de sustentar uma corja de bandalhos que vive à custa da tortura e morte de animais.

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Com tanto dinheirinho a entrar, é “natural” que defenda a “sua dama”, não?

  2. O Murteira Grave é aquele veterinário que afirma que os touros não sentem dor quando torturados?


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias