Publicado por: protouro | 9 de Abril de 2015

Que Espécie de Mulher é Esta?

Atentem na imagem que se segue e que foi captada na tourada que teve lugar na Granja no dia 4 do corrente mês.

tourada granja 4.4.2015

Que raio de mulher leva um bebé de meses para uma praça de touros?

Que a GNR do lugarejo se marimbe para o assunto não é nada que nos espante, mas existem outras autoridades dentro da praça que permitiram semelhante desvario como por exemplo o delegado da IGAC que é um representante do governo e que como tal está obrigado a fazer cumprir a lei.

Ah que cabeça a nossa que teima em esquecer-se, que neste país à beira mar plantado, as leis existem para decorar páginas do Diário da República e os governantes e autoridades existem para serem corrompidos!

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Lamento… mas também concordo com a “Maria”… Para mim é como a Religião, lá por ser Ateia não quer dizer que não compreenda que segue um determinado “Deus”! Faz-me muita mais confusão a miúdinha do que o recém-nascido… a miúda é que se vai lembrar de ver animais que não pediram para nascer a ser maltrados, em nome de uma tradição hipócrita! O recém-nascido não se vai lembrar de nada e mãe pura e simplesmente foi uma mãe de século XXI, prática!

    • O que a Rita deveria lamentar é o facto ser uma aficionada escondida com o rabo de fora tal como a Maria.

  2. Sou contra as touradas ( não sou fundamentalista e respeito quem aprecia tal espetáculo), contudo choca-me mais ver a miúda a assistir a tal espetáculo do que uma mãe estar a amamentar um recém nascido, que ainda n tem consciência do que é uma tourada…
    não vejo mal nenhum…até acho bastante natural uma aficionada levar o seu bebé a ver o espetáculo, só mostra que é uma mulher prática… com a devida vénia, julgo que apreciação peca por excesso de moralismo e alguma “pudiquice”.

    • Maria, quem é contra touradas não pode respeitar quem aprecia tal espectáculo. Quem é contra touradas, não pode respeitar torcionários que torturam e matam animais só porque lhes dá gozo e dinheiro e isso ao contrário do que você afirma, não é ser fundamentalista é respeitar a vida de seres sencientes que têm o direito a não ser torturados e mortos.
      Quanto à questão da amamentação, algo que só você conseguiu ver, o artigo nada tem a ver com isso, mas sim com o facto de que esta mulher está a violar a lei, bem assim como os progenitores da outra criancinha que é visível na foto. Com a devida vénia a Maria perdeu uma boa ocasião para estar calada!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias