Publicado por: protouro | 17 de Dezembro de 2014

Os Aficionados Mentem com Quantos Dentes Têm na Boca

A história é mirabolante ou não fosse uma fábula aficionada. No dia 4 do corrente mês, os aficionados decidiram fazer uma conferência sobre touradas na Universidade de San Pablo em Madrid.

Alguns estudantes da universidade, indignados por um local de cultura ser palco de uma palestra sobre tortura, demonstraram-se gritando palavras de ordem e exibindo cartazes contra tal evento.
De imediato foram atacados pelos aficionados presentes e expulsos da sala com empurrões que continuaram no corredor.

No entanto, a versão dos aficionados é que foram agredidos pelos estudantes a tal ponto que estes estudantes fracturaram o braço a um dos aficionados. Ora acontece, que o tipo que fracturou o braço, conta no seu blogue, que tendo chegado atrasado à conferência, quando saia do elevador assistiu a uma enorme confusão e um aficionado lhe pediu que descesse ao piso inferior para chamar o segurança. Quando este se econtrava no referido piso à procura do segurança, alguns estudantes que corriam, chocaram com ele,  originando a sua queda e consequente fractura do braço. Azar de um tipo que estava no local errado à hora errada, e que fazia um favorzinho aos seus comparsas que por sua vez agrediam e atiravam pelas escadas abaixo um abolicionista algo  gravíssimo e que podia ter tido consequências bem mais nefastas que partir um bracinho.

As imagens que se seguem falam por si.

Uma vez mais se prova, donde provem a violência, uma vez mais se prova que os aficionados são pessoas perigosas e violentas que atacam e agridem tudo e todos que se opõem à sua diversão doentia e depois se armam em vítimas e gritam que são perseguidos, quando na verdade são eles que perseguem e assaltam quem está contra. Depois desta historieta, a AIT- Associação Internacional de Tauromaquia, enviou uma carta ao governo espanhol a exigir não só a proibição destes protestos, como também a proibição de manifestações em frente a praças de touros. Estas alminhas armadas em ditadores, ainda não perceberam, que jamais nos calarão, e que quanto maior for a repressão maior será a revolta.

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias