Publicado por: protouro | 14 de Outubro de 2014

Dois Países, Dois Casos Iguais e Duas Atitudes Diferentes

Não era nossa intenção voltarmos a escrever sobre este tema, mas tal como em Espanha, também nos E.U.A., uma profissional de saúde foi infectada com o vírus de ébola e tal como em Espanha, a mesma é guardiã de um cão.

Nina Pham com o seu cão

Enquanto que em Espanha as autoridades sanitárias se apressaram a executar o Excalibur, com a mais que estúpida desculpa que era uma medida de precaução, o presidente da câmara municipal de Dallas de imediato informou, que o cão ficará ao cuidado da câmara e será monitorizado, ou seja, o que deveria ter sido feito em Madrid, não se desse o caso de Espanha, ter uma cultura da morte.

Cultura tão arreigada que tem como expoente máximo a tortura e morte de touros em touradas.

E para tal cultura, contribui e de que maneira, o Partido Popular espanhol que está povoado por políticos que são tão estúpidos como portas e que frequentemente proferem as maiores barbaridades, tal como o idiota de serviço responsável pela saúde da comunidade de Madrid, que não teve pejo, em afirmar, que a enfermeira é que tinha a culpa de ter sido infectada ou como o presidente da câmara de Valladolid, que teve a distinta lata de afirmar, que se sentia indignado pelas manifestações contra a execução do Excalibur.

Curiosamente, este parasita que dá pelo nome de León de la Riva, é perito em dizer bacoradas. Quando foi eleito para o cargo em 1995, uma das afirmações que fez foi e citamos: “As ruas serão limpas de pulgas, piolhos e putas”.

leon de la riva

E desde então as afirmações indecentes e ordinárias, nunca mais pararam, sendo que a última foi que tem medo de entrar num elevador onde esteja uma mulher porque pode dar-se o caso desta o acusar de violação!

Claro que em todos os partidos existem políticos desbocados e imbecilóides, mas em termos de estupidez, o Partido Popular espanhol é sem dúvida o campeão.

É lamentável, que ainda existam pessoas no séc.XXI que não percebam que lutar para que um animal não seja sacrificado, como foi o caso do Excalibur, não é sinónimo de desvalorização dos humanos, bem pelo contrário é um sinónimo de valorização de vidas. Não somos só nós que temos uma vida e que queremos que esta seja preservada, o mesmo acontece com os animais não humanos e quem não consegue compreender isto das duas uma, ou é ignorante ou é um abusador de animais.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. É vergonhoso e cruel demais o que o pp espanhol diz e faz. A boçalidade impera :(((


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias