Publicado por: protouro | 29 de Setembro de 2014

O Nojento “Segredo” de Algemesí

Algemesí é um município na província de Valência, Espanha e tem um “segredo” abominável. Anualmente, em Setembro durante a semana tauromáquica, bezerros são torturados e mortos. Estas bezerradas, que consistem na tortura e morte de animais entre os 10 meses e 2 anos de idade (o que destrói por completo o argumento que os touros vivem uma vida de reis durante 4 ou 5 anos) têm uma particularidade, os animais não são torturados e mortos às mãos de tauricidas mas sim de aficionados e curiosos.

Sim, leram bem, qualquer um pode espetar bandarilhas e estoquear a torto e a direito os pequenos bezerros. Existem vários vídeos, que foram filmados com câmaras ocultas, já que os jornalistas são personas non gratas. Uma vez que os mesmos são demasiado gráficos, optámos por não publicar nenhum, mas os mesmos, estão disponíveis no YouTube, basta procurar “becerradas Algemesí”.

Esta atrocidade, começa em regra à meia noite quando todos os participantes estão completamente bêbados, portanto imaginem o tipo de carnificina que é feita na praça de touros.

Esta barbaridade que tem vindo a ser contestada ano após ano, com diversas manifestações e petições para que seja proibida de uma vez por todas, conta com o apoio da câmara municipal, que tem a distinta lata de afirmar, que tudo o que se diz é mentira e que os pequenos animais não são torturados, nem mortos por qualquer um mas sim, por aficionados de clubes tauromáquicos da localidade e os aficionados desses clubes afirmam que os participantes frequentam escolas tauromáquicas. Tretas e mais tretas desmentidas por vídeos.

Esta vilória de trampa é outra Tordesilhas, não é melhor nem pior é a mesma merda, em Tordesilhas, um bando de neandertais perseguem um animal com lanças medievais e perfuram-no de todas as maneiras e feitios em Algemesí, um bando de broncos bêbados espetam bandarilhas onde calha e estoqueiam um pequeno animal onde calha.

E tal como em Tordesilhas, o povinho de Algemesí, ataca os manifestantes anti-touradas com pedras, garrafas e tudo o que estiver à mão de semear e inclusivé ataca jornalistas com gás pimenta.

manifestante agredida em Algemesi

E tal como em Tordesilhas, a polícia prende não os agressores, mas as vítimas da agressão!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Já é tempo de acabar tudo isto…. Bolas, sinto-me como cavernícola!! Pobre planeta!!
    Viana do Castelo vai precisar do vosso apoio já que parecem ser verdadeiros anti tourada sem “estranhos efeitos colaterais”…. Aqui queremos , em definitivo, acabar com esta porcaria. Esperar pelo milagre a nível nacional não nos convence!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias