Publicado por: protouro | 15 de Setembro de 2014

Milhões Desperdiçados em Praças de Touros

Em Espanha gastam-se milhões a construir e remodelar praças de touros tudo à custa do erário público.

Em Leganés (arredores de Madrid), o presidente da camâra gastou 12 milhões de euros para recuperar a gestão da praça de toros “La Cubierta”, enquanto corta nos serviços hospitalares e nas cantinas escolares.

Em Burgos, vão ser gastos 5.6 milhões de euros para cobrir a praça de touros “El Plantío” e neste caso, não está somente em causa o desbaratar de dinheiros públicos, mas também a corrupção que envolve o negócio, uma vez que a adjudicação do contrato foi feita não só à proposta mais elevada, como também a um empresário que foi condenado no passado por corrupção.

Em Navalcarnero (arredores de Madrid), a praça de touros custou 33 milhões de euros e é usada somente três dias por ano sendo que as três touradas estão sempre às moscas.

Navalcarnero praca de touros

Os cidadadãos destas localidades podem passar fome, serem despejados por não terem como pagar as hipotecas e viver nas ruas, mas para a merda da tauromaquia há sempre dinheiro.

Somente três exemplos, que somados, correspondem a mais de 50 milhões de euros que criariam inúmeros postos de trabalho e poriam comida na mesa de muitas famílias.

Os bandalhos que governam estas cidades merecem o quê?

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Esbanjamento cruel e anti social. Mereciam um par de bandarilhas no dorso, serem corridos dos cargos e julgados em tribunal digno.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias