Publicado por: protouro | 7 de Setembro de 2014

O País do Chico Espertismo

Ou como os poderes camarários são obliterados por um tribunal que embora pense que está a aplicar a lei, está no fundo a ser cúmplice de uma ilegalidade.

Por um lado, temos uma câmara municipal com competência para licenciar ou não uma tourada, já que a mesma se realiza numa praça de touros portátil e por outro lado temos um movimento que afirma defender a liberdade dos vianenses para assistir a touradas. A primeira, exige e muito bem que a lei seja cumprida a segunda, recorre a mentiras e falácias para ultrapassar o cumprimento da lei porque tem o apoio do lobby tauromáquico.

A verdade porém é só uma hoje realiza-se em Viana do Castelo, uma tourada que é completamente ilegal, com a conivência das autoridades nacionais e do tribunal que permitiu a instalação de uma praça de touros ambulante, sem sequer questionar se a montagem da mesma, estava de acordo com a lei de segurança exigida para esse tipo de recintos.

Afirmam os promotores da tourada, que a praça de touros portátil foi vistoriada e cumpre com as regras de segurança exigidas pela lei e para o provar, exibem o seguinte documento.

certificado de vistoria a praca portatil

Desde quando é que uma praça de touros amovível pode ser certificada por um ano? Provavelmente no país do faz de conta, onde as regras de segurança valem zero, porque num país que faz cumprir essas regras, cada vez que um recinto deste tipo é montado, tem obrigatoriamente que ser vistoriado e porquê? Porque basta que um parafuso não esteja devidamente aparafusado para a estrutura desabar.

Mas neste país, as regras de segurança, só existem no papel e este caso, só vem provar que todas as autarquias que autorizam touradas em praças ambulantes, ao contrário de Viana, nunca se preocuparam com a lei. Se hoje uma das bancadas da praça de touros cair e houver feridos ou mortes, a responsabilidade será inteiramente dos promotores da tourada, da APET na pessoa do seu presidente que moveu os cordelinhos nos bastidores e das autoridades nacionais que mesmo informadas da ilegalidade permitiram a violação descarada da lei.

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias