Publicado por: protouro | 24 de Junho de 2014

Porque é que Ninguém Questiona o Porquê destas Mortes!

Um homem faleceu na ilha de São Jorge, Açores, depois de ter sido colhido por um touro durante uma tourada à corda.

Eis um exemplo destes “divertimentos”

exemplo da insanidade das touradas a corda

Todos os jornais que noticiam o caso, baseiam-se não no facto do homem ter morrido porque se encontrava a participar numa barbaridade que há muito que deveria ter sido proibida, mas porque a morte se deveu ao facto do helicóptero militar usado para estas situações! não estar disponível.

Nenhum dos artigos sobre o assunto, tem a coragem de questionar porque é que ainda morrem pessoas nestes espectáculos primitivos como também não tem coragem de questionar porque é que um helicóptero militar que é pago por todos nós, está à disposição para evacuar pessoas que participam nestes eventos!

Embora nos choque a morte deste indivíduo que participava num evento aberrante e que só graças ao governo açoriano continua a existir, também nos choca saber que cada vez que estas touradas ocorrem, todos nós pagamos um helicóptero militar para evacuar os feridos desta insanidade!

Somente num país do sub-mundo é que se põe à disposição um helicóptero e respectiva tripulação para evacuar pessoas que voluntariamente põem a vida em risco!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Portaria N.º 36/2013 de 25 de Junho

    Sumário:
    Alteração à Portaria n.º 23/2008, de 13 de março, que atribui uma comparticipação financeira aos proprietários de animais bovinos de raça brava, atingidos pela paratuberculose.

    http://www.azores.gov.pt/JO/Serie+I/2013/S%C3%A9rie+I+N%C2%BA+69+de+25+de+Junho+de+2013/Portaria+N%C2%BA+36+de+2013.htm

    Portaria nº 151/2014 de 24 de Fevereiro de 2014
    Ao abrigo da Portaria n.º 36/2013, de 25 de junho, manda o Governo da Região Autónoma dos Açores, pelo Secretário Regional dos Recursos Naturais, que se concedam as seguintes comparticipações financeiras.

    Maria da Conceição Lopes Almeida Pires 1.050,00€
    Canada do Caldeiro n.º 11 – Biscoitos
    9760 Praia da Vitória – Terceira

    Filipe Humberto Lourenço de Sousa 700,00€
    Ribeira das Cinco n.º 8 – Cinco Ribeiras
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Maria de Fátima Soares Fernandes Rocha Ferreira 5.425,00€
    Quinta do Leão n.º 30 – São Pedro
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    António Manuel da Rocha Ferreira 875,00€
    Quinta do Leão n.º 30 – São Pedro
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Álvaro Bettencourt Amarante 4.550,00€
    Rua da Capela n.º 21 – Velas
    9800 Velas – São Jorge

    Lúcia de Fátima Oliveira de Meneses Almeida 125,00€
    Canada de São Vicente n.º 10-A – Santa Cruz
    9760 Praia da Vitória – Terceira

    Maria Isaura Azevedo Santos 1.750,00€
    Rua da Capela n.º 21 – Velas
    9800 Velas – São Jorge

    António Lúcio Pereira Ferreira 1.225,00€
    Canada Nova n.º 11 – Posto Santo
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Maria Luzia Silva Azevedo 175,00€
    São Tomé – Santo Antão
    9850 Calheta – São Jorge

    Maria Emília Lourenço Pires Gaspar 1.225,00€
    Ladeira Grande n.º 46 – Ribeirinha
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Francisco Gabriel Vieira Ourique 175,00€
    Grota do Medo n.º 18 – Posto Santo
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Manuel Borba Gaspar 1.400,00€
    Ladeira Grande n.º 90 – Ribeirinha
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Eliseu Vivaldino Sousa Gomes 6.300,00€
    Rua Dr. Aníbal Bettencourt n.º 160 – Conceição
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Laura Maria Correia Dias Corvelo de Sousa 175,00€
    Copins n.º 1 – São Bento
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Lídia Maria Martins Mendes Nogueira 525,00€
    Estrada Mons. José Machado Lourenço n.º 47 – Cinco Ribeiras
    9700 Angra do Heroísmo – Terceira

    Gabriela de Fátima Silva Azevedo 700,00€
    São Tomé – Santo Antão
    9850 Calheta – São Jorge

    Esta despesa será suportada pela dotação inscrita no capítulo 50, programa 02 – Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, projeto 02.02 – Modernização das Explorações Agrícolas, ação 2.2.A – Melhoramento e Sanidade Animal, classificação económica 04.08.02, transferências correntes – outras, do orçamento da Secretaria Regional dos Recursos Naturais para o ano de 2014.

    20 de fevereiro de 2014. – O Secretário Regional dos Recursos Naturais, Luís Nuno da Ponte Neto de Viveiros.
    Fonte:
    http://azores.gov.pt/JO/Serie+II/2014/S%C3%A9rie+II+N%C2%BA+38+de+24+de+Fevereiro+de+2014/Portaria+N%C2%BA+151+de+2014.htm

    Total – 26 375 € (vinte e seis mil trezentos e setenta e cinco euros)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias