Publicado por: protouro | 18 de Junho de 2014

A Justiça Portuguesa é uma Anedota

Em Setembro de 2012, o cavaleiro tauricida Marcelo Mendes, investiu com o seu cavalo contra várias pessoas durante uma manifestação anti-touradas na Murtosa.

Quase dois anos depois, o juiz de instrução criminal de Aveiro, decidiu não levar a julgamento o energúmeno.

De acordo com o despacho e citamos:

“Apesar de se tratar de um animal altamente treinado e habituado a situações de stress, não deixamos de estar perante um animal irracional, pelo que admitimos como possível que, no caso concreto, o cavalo se tenha assustado com as palavras de ordem gritadas pelos manifestantes e com os objetos arremessados e, por esse motivo, tenha investido contra as pessoas presentes sem que o arguido o tenha conseguido controlar”.

Objectos arremessados? Das duas uma ou o magistrado não viu o vídeo, ou se viu então não foi o mesmo que todo o país viu.

Afirma ainda, que se está perante um animal irracional! Ah sim? Curiosamente, o único animal irracional que vimos no vídeo, é a besta montada no cavalo, que o usou, como uma arma para agredir manifestantes pacíficos.

Com esta decisão, o senhor juiz, acabou de abrir um precedente muito grave, uma vez que não tendo levado a julgamento o criminoso, abriu uma porta para que doravante outros tauricidas façam o mesmo porque sabem de antemão que nada lhes acontecerá.

Não admira pois  que a justiça neste país esteja pelas ruas da amargura!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. A informação sobre alguma experiência minha visa credibilizar as opiniões que apresento.

  2. Que justificação tão inacreditável da parte do senhor juíz!
    Se o cavalo tivesse prestado atenção aos manifestantes e se tivesse assustado, nunca iria carregar sobre os presumíveis assustadores, mas sim teria fugido afastando-se deles. Mas não é nada disso o que o vídeo comprova.

  3. Marcelo Mendes ataca a cavalo manifestantes contra a tourada na Torreira, Viana do Castelo

    Qualquer pessoa, que tenha conhecimentos de equitação, seja por simples observação ou por experiência própria como cavaleiro reconhece sem qualquer dificuldade ao prestar atenção a este vídeo, que a investida do cavalo montado pelo cavaleiro tauromáquico é provocada e comandada completamente pelo cavaleiro e que o cavalo está sempre dominado.
    Esta montada nada mais faz do que reagir às ordens que o cavaleiro intencionalmente lhe transmite por pressão das pernas e violência das esporas, por tracção das rédeas e acção mais ou menos desagradável/dolorosa provocada pelos ferros na boca, pela posição do corpo e, certamente, por incitação vocal.
    Os cavalos treinados e utilizados para toureio estão concentrados nas ordens que o cavaleiro lhe transmite e pouco ou nada reagem ao resto do que à volta acontece.
    É incrível, irresponsável, ridícula, revoltante, a justificação que o juíz em questão apresenta para esta sua decisão. Se nada percebe de equitação em geral ou de equitação tauromáquica, devia ter solicitado o parecer de entendidos honestos.
    O que afirmo é fundamentado por ser médico veterinário, conhecedor e proprietário de cavalos, cavaleiro experiente em concursos hípicos completos e ter sido, durante 3 anos, médico veterinário destacado profissionalmente para zelar pelo chamado respeito pelos touros lidados em touradas.

    • Ora nem mais Dr. Vasco. Este magistrado, provou que não tem qualquer conhecimento ainda que básico, sobre comportamento animal. Mas também provou outras coisas…

  4. A máfia tauromáquica como vocês bem dizem compra tudo e todos.

    • Compra enquanto tiver à venda. Mas o poder de compra também se esvai, enquanto a sociedade percebe que está a pagar para a tortura de animais, para gozo duns quantos anormais.

      E tauromáfia já é palavra tão universal quanto Anticorrida (Anti-corrida) ou Anti-tourada. E os tauromafiosos, sabemos já bem quem eles são.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias