Publicado por: protouro | 27 de Janeiro de 2014

O Stôr de Matemática da Escola de Alter do Chão Está em Todas

Marco Gomes, funcionário público que é pago por todos nós e que se orgulha de ser o presidente e fundador do clube taurino do agrupamento de escolas de Alter do Chão, foi um dos oradores no fórum da incultura taurina que decorreu nos Açores. Quem é que pagou a deslocação e a estadia? O prof., a câmara, a escola ou a Tertúlia Tauromáquica Terceirense?

Marco Gomes

De acordo com vários jornais e sites tauromáquicos espanhóis, o professor Marco Gomes apresentou um projecto inovador de divulgação da afición tauromáquica em escolas, que passa por transmitir às criancinhas e adolescentes os valores de respeito, convivência e solidariedade com os demais.

Ora acontece que ao contrário do que este senhor apregoa, este projecto mais não é que uma lavagem cerebral que educa as crianças que os animais, neste casos os touros, existem para ser explorados, torturados e mortos.

E não tenhamos dúvidas, que o objectivo final de divulgação deste projecto, passa pelo alargamento do mesmo a outras escolas do país.

Que este professor de matemática, que pelos vistos errou na profissão, faz o que quer e lhe apetece em Alter do Chão já todos percebemos, o que não percebemos, é como é que este indíviduo ainda não foi alvo de um inquérito por parte do Ministério da Educação.

Fundar um clube tauromáquico numa escola pública, onde ensina crianças a desrespeitar a vida de seres sencientes e participar num fórum para se gabar e exaltar esse projecto, seria num país evoluído, motivo imediato para a sua destituição porquanto, o ensinamento da tauromaquia, não faz parte de nenhum curriculum escolar.

No entanto, neste país à beira mar plantado, até é provável que num futuro próximo alguém condecore este prof. com uma medalha de mérito!!!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Conheço bem os aficionados e posso garantir que são pessoas que não evoluem e nem sabem o que isso é nem querem saber. São especistas (não conhecem o termo) em todos os aspectos. Conforme o Dr Vasco Reis diz, o lobby está bem instalado mas fede e muito!
    É como as praxes académicas e assassínios que cometem, intencionalmente ou não, e que muita tinta têm feito correr nas últimas semanas. Todos se calam e são coniventes mas a base intelectual do país está ameaçada por pessoas sem princípios que não se importam de rebaixar os outros para gáudio das suas inferioridades sádicas e prepotentes. Tunas, praxes e associações académicas – meninas e meninos de traje académico (nem todos serão maus, mas…) – apoiam e atuam em garraiadas e touradas, logo, quem maltrata humanos (nas praxes) não tem pudor de maltratar os animais que considera abaixo de si.
    Para dizer a verdade, estou farta deste país que ficou nos anos 50 do século passado em mentalidade e costumes.

  2. As escolas estão (há muitos anos), a fomentar o analfabetismo e as más contas; a orientar os jovens para as praxes, para vidas desorientadas. E permitir-se que esse tipo de “stôr” vá avante com essa imbecilidade é exemplo cabal de desleixo e incúria dos responsáveis pelo sistema de ensino vigente. Já os pais e até mesmo esse “stôr”, foram vitimas dessa farsa que é a “educação” em Portugal, que não evolui há mais de 50 anos, perdurando num folclore fascista marialva e pimpão, de vistas curtas, mais curtas que a dos bovinos.
    O que esses gajos querem é formar gente para pagar bilhetes e aprenderem a gritar olés nas praças de tortura. Que toureiros, dali sairão poucos ou nenhum. Mas, também estão a formar novos Anti-taurinos, porque contra as verdades da “festa brava” nada podem e essas verdades têm sido postas a descoberto. O tempo das burlas ficou no passado que os taurinos já não estão a tempo de recuperar.

  3. Estamos todos de acordo, por isso que tal fazer algo útil, juntarmo-nos e fazer concertadamente uma educação própria do séc. XXI nas escolas tal como este senhor faz, sem rodeios, e depois veremos se as crianças vêem ou não os animais como eles são.

  4. Tal professor, tal escola, tal Ministério E C, tal governação, tal Assembleia da República! O lobby anda à solta e é “bem” apoiado!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias