Publicado por: protouro | 6 de Janeiro de 2014

O Desespero é Tanto que até já Sorteiam Frigoríficos

Nos países que ainda têm touradas, o desespero dos organizadores é tanto, que tudo serve para venderem bilhetes.

Cartagena de Indias, (Colômbia), embora tendo uma praça de touros há quatro anos que não albergava touradas.

praça de touros Cartagena de Indias

No entanto, apesar da oposição dos cidadãos, o presidente da câmara que se tinha comprometido no seu programa eleitoral, em não as permitir, vira o bico ao prego e permite a realização de uma tourada que teve lugar no dia 4 de Janeiro.

A organização da tourada, pedida por uma empresa com sede no Equador, foi inicialmente negada pela câmara municipal. No entanto, e segundo afirmações dessa mesma empresa, foram posteriormente contactados pelo presidente da câmara que lhes transmitiu que teriam permissão para organizar a mesma desde que entregassem 50% dos bilhetes à edilidade.

Esta é a versão veiculada pelos jornais colombianos. A versão que circula no jornal aficionado francês “Midilibre”, é de longe muito mais interessante.

De acordo com este jornal, Sébastien Castella, tauricida francês, que possui uma casa de férias de Inverno em Cartagena, empenhou-se em organizar a tourada, não só para reabrir a praça, como também para participar na dita cuja. E para que tal reabertura tivesse sucesso, o matador anunciou que não só a entrada seria gratuita para crianças, bem como os preços para os adultos seriam acessíveis a todas as bolsas. Além disso, seria sorteado entre todos os espectadores, um frigorífico.

E o sorteio do frigorífico é só o docinho inicial porque segundo o matador, se em 2015 conseguir organizar outra tourada, poderá ser sorteada entre os espectadores a chave de uma casa. Sim leram bem a chave de uma habitação!!!!

O desespero é tanto que o gajo, começa com o sorteio de um frigorífico e vai directo para as chaves de uma casa saltando por cima das chaves de um automóvel.

Com 50% de borlas municipais e crianças com entrada gratuita, a tourada teve cerca de 10.000 espectadores, numa praça com capacidade para 15.600, ou seja só cerca de 13% dos bilhetes foram de facto pagos.

Feitas as contas, se o Castella ainda persistir em organizar uma tourada em 2015, apostamos que em vez da chave de uma casa, vai sortear uma torradeira.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias