Publicado por: protouro | 29 de Dezembro de 2013

A Impostura dos Aficionados ou um Filme Dèjá Vu

Não há muito tempo e como todos devem estar lembrados, a “Prótoiro”, decidiu fazer uma campanha de angariação de alimentos para animais com a finalidade de os doar a associações de defesa animal.

O objectivo de tal campanha, era passar a ideia que são beneméritos gostam muito de animais e estão sempre disponíveis para os ajudar.

A provocação, foi um verdadeiro fiasco, e as poucas associações que foram levadas ao engano, acabaram por devolver os donativos que receberam.

Pois os tais benfeitores, agora pela mão da ATCT- Associação de Tradições e Cultura Tauromáquica (a nova “prótoiro”),  iniciaram uma campanha de Natal com a finalidade de recolher roupas, cobertores, etc, para os sem abrigo. A foto que publicita a campanha é tão cínica que retrata um sem abrigo com um cão.

hipocrita campanha de natal da ATCT

E como não podia deixar de ser, o modus operandi é o mesmo, publicam fotos da “sensacional” recolha à porta do Campo Pequeno ( o local escolhido para ambas as campanhas), com os aficionados do costume a entregarem essas peças de roupa.

Vá lá ao contrário do que fizeram com a campanha anterior, (publicarem fotos de pessoas de associações de animais que foram enganadas), desta vez não publicaram fotos a entregarem esses agasalhos a pessoas que vivem nas ruas porque todo o material recolhido, foi entregue ao Exército de Salvação Nacional, para ser posteriormente distribuído.

E percebe-se porquê,  porque estes beneméritos da treta, que só o fazem para angariar publicidade e passar por bonzinhos, no fundo sentem asco daqueles que vivem nas ruas.

E não tenhamos dúvidas que ambas as campanhas têm um mentor, José do Carmo Reis, o homem que quer a todo o custo lavar a imagem manchada de sangue do mundinho tauromáquico.

Tenham vergonha quem é benfeitor e ajuda quer animais humanos, quer animais não humanos, fá-lo durante todo o ano e  não anda a apregoar essa ajuda em páginas de internet nem a gabar-se de o fazer.

E podem crer, que se tivessem tido coragem para distribuir essas roupas  aos sem abrigo e se se tivessem identificado, muitos deles teriam recusado essa oferta e sabem porquê? Porque mesmo apesar de terem perdido tudo na vida, existe algo que não perderam a capacidade para discernir entre os que são verdadeiramente compassivos e aqueles que são meros oportunistas.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias