Publicado por: protouro | 5 de Dezembro de 2013

França – Ex-Ministro da Cultura Denuncia Lobby Tauromáquico

O ex-ministro da cultura Frédéric Mitterand, escreveu um livro intitulado “La Récréation” que foi publicado em Outubro do corrente ano.

O livro,  é um diário, sobre os três anos em que foi ministro durante o governo do presidente Sarkozy e do primeiro ministro François Fillon (tanto Sarkozy como Fillon são aficionados).

La recreation de Frederic Mitterrand

Em duas entradas distintas, descreve como é que a tauromaquia foi classificada património cultural imaterial francês e as ordens que recebeu para a manter classificada como tal.

Página 408

“Domingo 24 de Abril 2011

Estou estupefacto! Uma comissão obscura do Ministério que eu nem sabia que existia, inscreveu a tauromaquia como património imaterial da França a par com os cânticos bergers bascos e a torta Tatin. Uma lista com tradições inocentes. Ora a tauromaquia não é uma tradição inocente e imagino a pressão que não deve ter sido feita sobre um punhado de funcionários para que a mesma fosse inscrita. Eu não gosto de touradas, são um espectáculo cruel e nunca pratiquei o romantismo do toureio. É errado atribuir-lhe esta etiqueta oficial que ainda por cima, leva a crer que possa ser proposta a património da Unesco. Mais aborrecimentos em perspectiva.”

Página 451

“Quinta-Feira 16 de Junho 2011

O primeiro ministro telefonou e perguntou-me: “Que história é essa da tauromaquia? Quem são essas pessoas que a querem abolir? É uma tradição e tu não encontrarás um eleito do Sul para os apoiar. Espero que não retires a inscrição do património! É imperativo que não cedas!”.”

Ora este telefonema é sem dúvida revelador, porque acontece numa altura em que de facto, Frédéric Mitterand ponderava anular essa classificação exactamente por não concordar com a mesma.

É escandaloso que o na altura primeiro ministro de todos os franceses, se tenha vergado ao minoritário lobby tauromáquico na pessoa de André Viard, presidente do Observatório Nacional das Culturas Taurinas (o equivalente à “prótoiro” e ATCT cá do burgo),  que nunca escondeu que foi graças a ele que esta inscrição foi feita. Graças a ele e aos seus amiguinhos Sarkozy e Fillon.

Mais uma prova do calibre dos políticos, pouco lhes importa o que a maioria dos cidadãos querem porque acima de tudo, primeiro estão os seus gostos e interesses pessoais.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Sempre informando muito bem!
    Obrigado


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias