Publicado por: protouro | 21 de Outubro de 2013

Direitos Humanos versus Direitos dos Animais

Se bem que o mundo tenha evoluído desde o aparecimento do animal humano no planeta Terra, ainda assistimos hoje em dia a resquícios de primitividade próprios da era cavernícula. Resquícios esses, que se traduzem, na forma como os chamados seres racionais se comportam face aos chamados seres irracionais, ou seja os animais não humanos.

A arrogância de certos humanos não conhece limites. E se no passado, consideravam certos animais humanos seres inferiores devido por exemplo à cor da sua pele, hoje em dia classificam como seres inferiores aqueles que não têm voz.

É comum, ler enormidades, tais como os animais não têm direitos porque não têm deveres!

Se a questão passa pelo facto de que para ter direitos é imperativo ter deveres, então, pessoas em coma profundo só para citarmos um exemplo, não podem ter direitos: é um facto e afirmar o contrário é uma falácia dos que se julgam superiores.

Os abusadores de animais, tentam por todos os meios intoxicar a opinião pública com argumentos quer patéticos, quer obscenos tais como os animais existem para nos servir, não experienciam dor, não têm sentimentos, etc.

Entre duas gerações novos e velhos, os primeiros, estão hoje em dia dotados de conhecimentos que os segundos, nunca tiveram oportunidade de ter.

As gerações mais velhas, foram nadas e criadas acreditando que os animais existem para os servirem, que não sofrem e por aí fora e se bem que existam excepções, muitos deles nunca irão mudar a sua maneira de pensar ou os seus hábitos.

Já os mais novos, com toda a parafernália de informação ao alcance de um clique, só podem acreditar nessas barbaridades por dois motivos: quer porque são animais humanos irracionais ou porque têm instintos cruéis.

Enquanto que os outros animais matam por uma questão de sobrevivência, alguns animais humanos matam por prazer e divertimento (touradas, caça, etc).

matar por divertimento

matar por prazer

Estes animais humanos são aqueles, que a todo o custo, tentam impedir a evolução porque a mesma, retirar-lhes-ia os lucros que lhes advêm da exploração de animais não humanos.

São eles, que tentam a todo o custo, impedir que se legisle no sentido de dar direitos aos animais e são eles que compram políticos para garantir o status quo e fazem-no porque sabem que neste mundo de trampa em que vivemos, qualquer político sem escrúpulos está à venda!

Prótouro
Pelos touros em liberdade


Responses

  1. Exmos administradores do blog prótouro. A fotografia por vós acima publicada é privada e está protegida por direitos. Não possui por conseguinte este blog ou quem publicou a dita foto autorização para o fazer de acordo com a lei. Acresce ainda que dita foto nunca foi publicada em redes sociais e não se encontra no dominio publico. Foi assim obtida de forma ilegal pelo que exigo de imediato a sua remoção independentemente de accionar os devidos mecanismo legais de forma a proteger os meus direitos civicos à luz da lei portuguesa, assim como das crianças na mesma foto. Agradeço a remoção da referida foto no prazo máximo de 24 horas.

    Quanto aos comentários são tão irrelevantes como infelizes e desprovidos de qualquer fundamento cientifco. Felizmente que o direito à caça que exerço livre e frontalmente desde sempre em Portugal e noutros Países não será nunca atingido por argumentos enviesados, até porque os caçadores nunca o permitirão.

  2. O animal humano em pleno século xxi tem um pé na era cavernícola e outro na era digital e entre os dois pés estão séculos de atraso moral. Digo moral porque tratar mal o planeta e todos os seres vivos como muitos indivíduos/nações, Portugal saloio incluído, ainda fazem é falta de consciência e descaso moral, involução concreta. A caça e a tauromaquia são exemplos disso mesmo, passando pelos matadouros, e a lista continua…

    O único ser que não faz falta ao planeta é o animal humano. Estamos aqui de passagem e que rasto deixamos atrás?…

    A imagem do indivíduo com os filhos junto dos javalis assassinados é um cavernícola degenerado porque os nossos antepassados da era das cavernas caçavam para sobreviver ao passo que este indivíduo caça para se sentir superior ao animal caçado (o troféu) e depois, muito provavelmente, tira fotos que exibe nas redes sociais e para isso usa um computador de última geração. Evoluiu em que aspecto?…

  3. Muito boa reflexão, Prótouro.
    Um texto a enviar aos deputados da Nação, para que possam reflectir (se é que a maioria consegue fazer esse exercício mental) sobre este assunto, antes do próximo dia 25 de Outubro, quando terão de decidir se querem pertencer ao rol dos animais humanos racionais, ou ao rol dos animais humanos irracionais.

  4. Nem é preciso falar em pessoas em coma profundo… As crianças recém-nascidas, p.ex…. Pela teoria dos tauricidas também não têm direitos porque não têm deveres. Bonito !!
    Pois que esses senhores (tauricidas) vão estudar e informar-se e concluirão que os animais não humanos têm deveres, pelo menos com a sua espécie. E cumprem-nos melhor e mais dignamente que muitos humanos, inclusive os tauricidas.
    Deviam saber, porque está cientificamente provado, que se os animais não humanos acabassem, o planeta morria… mas se os humanos desaparecessem, o planeta evoluía. Em pouco mais de 100 anos a natureza recuperava de todo o mal que muitos dos humanos lhe fizeram.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias