Publicado por: protouro | 30 de Agosto de 2013

Barrancos uma Vilória Povoada por Mentecaptos

Na vilória dos barrancus, começou a festa ou será fiesta? Seis touros e uma vaca serão torturados e mortos em nome não da tradição como eles clamam, mas sim em nome do cachondeo.

Perguntar-se-ão que raio quer dizer cachondeo uma vez que essa palavra não existe no dicionário da língua portuguesa. Pois é a palavra não existe porque é castelhana e significa divertimento, gozo e é isso que este povo que vive numa parcela de território português fala ou seja castelhano. E à boa maneira castelhana, gozam com a tortura e a morte de touros.

Este é o cachondeo dos barrancus:

barrancos a vergonha

Territorialmente são portugueses, mas a sua vivência e linguagem é espanhola.

Este é o povinho, que durante o mês de Agosto, envergonha Portugal com a benesse que lhes foi dada há 11 anos pelos políticos de pacotilha que governavam o país.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Se Portugal fosse um ser humano, Barrancos seria o seu ânus. Esta é uma vila perdida no meio do Alentejo que foi sitiada pela escumalha tauromáquica. As causas e consequências desta situação são bem visíveis: Barrancos é dos sítios em Portugal com maior taxa de analfabetismo, violência doméstica, desemprego e alcoolismo. Com estas características, Barrancos está para os aficionados como o estrume de vaca está para as moscas. Mas apesar de tudo, o meu sentimento dominante face ao povo não é de ódio. Mais que tudo, tenho pena deles. Não percebem que estão a ser subjugados e dominados em direcção à idade média por uma corja de lunáticos corruptos. Quanto mais Barrancos insistir em manter as supostas tradições tauromáquicas, mais embrutecidos os seus habitantes serão.

    • Seria o ânus e pouco ou nada lavado !!.
      Ricardo, gostei muito do seu comentário. Um abração !!

  2. Que vergonha! Indecência que nos coloca não na cauda da Europa, mas na cauda do mundo! O dr. Jorge Sampaio, amante de música clássica, etc. desceu muito baixo quando autorizou este costume abaixo de medieval: isto é fazer recuar um povo ao tempo dos romanos exterminadores, sem tirar nem pôr!

    E reparemos bem no comportamento dos rapazes e demais gente dependurados e atrás das grades da dita praça de touros improvisada… completamente insensíveis ao sofrimento do animal, grotescos e rudes. Até quando? pergunto eu, até quando?

  3. Repare-se na boçalidade do torcionário, e no que o rodeia.

    Vilória? É muito para esta terrinha atrasada. Barrancos é um acampamento de psicopatas.

    E o PS ficará para sempre ligado a esta barbárie em território poprtuguês.

  4. É preciso que se diga quem assinou a autorização “excepcional” (vejam bem, o cinismo, excepcional) para touros de morte em Barrancos (ou Barrancus). Foi o, na altura, Presidente da Répública JORGE SAMPAIO que pertence ao um partido – PS – que segundo apurei NÃO É PROPRIAMENTE UM PARTIDO ANTI-TOURADA… todos sabem disso.
    Que aquela autorização pese bem fundo na consciência desse ex-Presidente !!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias