Publicado por: protouro | 13 de Agosto de 2013

Gonçalo Portocarrero de Almada o Padre Reincidente

Se bem que para muitos padres os animais não humanos sejam criaturas de Deus, para outros como o padre Gonçalo Portocarrero de Almada devem ser coisas.

Depois de ter escrito no “i online” um artigo onde chamava aos touros bestas, volta a escrever no mesmo jornal um outro artigo, agora sobre o Zico, intitulado “Mandela, o outro”.

O artigo não se diferencia de outros artigos de opinion makers que vomitaram uma série de  absurdos a propósito deste caso o que só prova uma vez mais o especismo desta gente.

Que muitos destes articulistas tenham afirmado que o cão é um homicida, não se aceita, mas pode compreender-se já que não são pessoas com formação jurídica. Quanto a si Padre, tal é completamente inaceitável, já que tem um curso de direito e melhor que ninguém deveria saber que o termo homicida só se aplica a seres humanos ou seja animais humanos.

E não contente em afirmar que o cão é um homicida ainda vai mais longe ao afirmar que matou impunemente um bebé!

Sr. Padre, a menos que o cão tenha passado pela sua igreja e tenha confessado o dito crime, não conseguimos por muito que tentemos, compreender a sua certeza que o cão matou a criança e mais que o fez premeditadamente e com a consciência  que sairia impune desse crime!

Sarcasmos à parte, o senhor deveria saber que o processo crime está em segredo de justiça e que portanto toda a investigação e prova não é do domínio público até ao julgamento.

Tal significa, que nem o senhor nem os jornalistas, sabem realmente o que se passou e não têm quaisquer provas que o Zico/Mandela, atentou de alguma forma contra a vida dessa criança.

Mas seguindo o seu raciocínio e admitindo que o tivesse feito, a pergunta que lhe fazemos é porque é o que senhor absolveria um criminoso consciente e não um animal que não tem consciência dos seus actos?

São pessoas com a sua mentalidade, que fazem com que cada vez mais pessoas se afastem da Igreja Católica. E não é para menos, afinal a Igreja Católica apadrinha oficialmente a tortura animal.

Centenas ou mesmo milhares de festas têm o beneplácito da Igreja Católica isto para não falar do dinheiro que recebem da tortura animal.

festas do Santo Cristo dos Milagres

Não admira pois que a Igreja Católica esteja pelas ruas da amargura.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Admiro a justeza de opiniões da PRÓTOURO. As minhas mais sinceras felicitações por esta cidadania.
    Pessoalmente, penso que religiões, crenças, seitas não têm a melhor relação com a realidade terrena. Penso que um espírito agnóstico tende a ser mais equilibrado, objectivo, livre, justo e pode dispôr de mais tempo útil e ser menos distraído na capacidade de concentração.

  2. Cara/os comentadora/es e companheira/os pelo abolicionismo, quando comentarem, façam-no no artigo e não nas fotos. Sempre que comentam nas fotos o comentário só é visível para quem clicar na foto o que faz com que muitos leitores não vejam o comentário.

  3. Este padre não é padre. Se fosse padre seguiria os ensinamentos de Cristo, o exemplo de São Francisco de Assis e OBEDECERIA ao Papa Francisco.

    Portanto vamos ignorar o que diz esta personagem que não é de Deus, com toda a certeza.

    De Deus são todas as criaturas não humanas que SABEM cumprir a missão para a qual nasceram, com todos os critérios que os seres, que se dizem humanos, deveriam tomar como exemplo.

    E o que se passa na Ilha da Graciosa é uma BLASFÉMIA.
    E o padre da paróquia devia ir preso por não cumprir a Lei de Deus.

    • Não cumpre sequer a Lei da Igreja. Há uma bula papal de 1923 que proíbe as corridas de touros.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias