Publicado por: protouro | 15 de Abril de 2013

Os Aficionados Não Têm Dois Alqueires Bem Medidos

Não se desse o caso de que quando falamos em touradas,  falamos de uma tragédia onde milhares de animais são torturados e mortos anualmente para diversão de uns quantos, a prosa e os argumentos dos aficionados dariam um bom livro de anedotas.

Um destes aficionados que dá pelo nome artístico de choné, perdão chaubet, escreveu um artigo intitulado “alerta à aficion!…- nunca é demais” que revela bem como esta gente não tem dois alqueires bem medidos.

Fazem-nos lembrar a expressão: “Têm a tripa cagueira ligada ao cérebro e quando abrem a boca só…..”.

E o dito cujo  confirma-a quando profere “pérolas” como as que passamos a citar:

“O homem, com a sua imaginação, inteligência, visão e ambição, não tardou a descobrir as potencialidades que o “bos taurus” possue e o aproveitamento que delas poderia fazer.

Através de apuradas e trabalhosas experiências e estudos genealógicos, conseguiu criar o toiro de lide. Tornado numa das mais belas, carismáticas e emblemáticas espécies do reino animal o toiro de lide, é igualmente o sustento de milhões de famílias e enlevo daqueles que o admiram nas arenas.

Na verdade só manifesta ignorância ou por a ânsia de protagonismo, lhes tirar capacidade de raciocínio, se pode explicar as caricatas manifestações anti touradas conduzidas pela Associação Protectora dos Animais e quejandos.

Não conseguem perceber que querendo acabar com as touradas, estão a fomentar a extinção do toiro de lide.Impedido de mostrar que é diferente dos seus irmãos, o portentoso animal irá transformar-se num representante da raça bovina igual a eles. Será um boi em vez de toiro de lide. Terá um fim inglório às mãos de anónimo magarefe, tal como todos os seus pachorrentos e acomodatícios irmãos. Nunca terá a honra de dar uma volta agradecendo os aplausos recebidos pelo comportamento que teve na arena. Quando muito, se der uns bons bifes, será gabado postumamente por aqueles que os provarem.”

Na verdade, certos homens/mulheres com a sua estupidez, total ausência de empatia,  ganância e com visão de lucro fácil,  começaram a criar bovinos para serem usados em touradas e como os lucros que tinham não eram suficientes começaram também a reclamar subsídios para continuarem a criar esses bovinos. Afinal mamar na teta do Estado é fácil e dá milhões.

subsidio dependentes

Mas o que este “senhor” desconhece e isso é lamentável é que os animais que apelida de touros de lide mais não são que bois. Enquanto que uns são mortos para bifes, os outros são torturados e mortos em praças de touros.

Não temos dúvidas que se os matadouros vendessem bilhetes, muitos aficionados os comprariam para assistir ao abate.

Mas como ainda não vivemos num mundo vegetariano, os animais infelizmente continuam a ser mortos para satisfazer o palato da população. No entanto, existe uma grande diferença entre matar para alimentar essa população e fazer da morte um espectáculo.

Quem afirma que estes bovinos são animais belos e carismáticos e depois se senta numa praça de touros a assistir à lenta tortura dos mesmos,  não é uma pessoa normal.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Este choné é uma aberração da natureza.
    Quem lhe dá crédito?
    Apenas os chonés como ele.

  2. É tão fácil desarmar aficionados com os seus próprios argumentos que até começa a perder a piada.
    Por um lado acusam os abolicionistas de “humanizar” os touros, estabelecendo que estes possuem sentimentos, como medo e humilhação, que, segundo suas excelências, são exclusivos dos humanos. Acusam-nos de “vermos demasiados filmes da Disney” e daí termos uma ideia errada da consciência animal.
    Mas por outro insistem que o touro sente “honra” em ser toureado.e até, pasme-se, agradece os aplausos da plateia pela sua bravura. Afinal em que ficamos senhores aficionados?
    Parece-me a mim que este aficionado nunca pôs os pés numa arena. Eu que abomino esta aberração da natureza, sei que dificilmente o touro se consegue manter de pé depois da lide, quanto mais “de dar uma volta agradecendo os aplausos recebidos pelo comportamento que teve na arena”. A plateia aplaude sim senhor, mas aplaude os cobardes que esquartejaram um animal indefeso e claramente em desvantagem. O touro esse, nem consegue ouvir os aplausos enquanto é arrastado pela cabeça, moribundo, puxado por um tractor.
    A coerência não é um dos fortes dos aficionados pelos vistos..

    • Ó Ricardo, nem a coerência, nem outra coisa qualquer que tenha aver com o cérebro.
      São completamente acerebrais.
      O que vale é que isto está no fim.

  3. Efectivamente, aquela ode ao Touro é simplesmente patética !! O que é que interessa ao Touro ser aplaudido na praça ?
    É normal ouvir os aficionados dizer “Ninguém ama mais os Touros que nós”
    Pois então, como é possível que, quando (não falta muito) as touradas acabarem os Touros se extingam ? Não seria normal que todo esse amor que apregoam continuasse, não permitindo a sua extinção ?
    Claro que não porque esse amor de que falam, em linguagem dos aficionados, escreve-se AMO€ !!!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias