Publicado por: protouro | 20 de Março de 2013

O Mito do Indulto Nas Touradas

Uma das afirmações recorrentes dos aficionados, é que ao touro que luta pela sua vida mostrando bravura, lhe é concedida a chance de ser indultado e viver o resto da sua vida rodeado por um harém de vacas.

A invenção do indulto, mais não foi que uma forma que os algozes arranjaram para parecerem beneméritos quando decidem entre matar ou deixar viver.  A crueldade desta gentalha não conhece limites.

No entanto, o indulto é uma falácia senão vejamos:

1º Quando os tauricidas se referem ao mesmo, fazem-no de uma forma que leva a crer que qualquer touro em qualquer praça pode ser indultado escondendo o facto que o regulamento espanhol só permite o indulto em praças de 1ª e 2ª categoria;

2º São raros os casos de touros indultados. Num universo de milhares de touros que são chacinados anualmente, o indulto ronda um por cento;

3º Desse 1%, oitenta por cento dos touros indultados, nunca chegam a viver rodeados por um harém de vacas porque morrem dias depois quer em resultado das feridas, quer em resultado de infecções ocasionadas por essas mesmas feridas.

A realidade é que quando o touro entra na arena, já perdeu vários quilos de peso devido ao transporte e já leva espetado um arpão de 6 cm (divisa ou ferro da ganadaria).

ferro ganadaria

Logo a seguir nas touradas à espanhola, é picado com uma puya (arpão de 14 cm) que lhe provoca feridas que podem atingir mais de 20 cm de profundidade e seguidamente é bandarilhado (vários pares de bandarilhas com arpões de 6 cm).

puya

bandarilhas

Quando é devolvido aos curros, retiram-lhe todos estes instrumentos de tortura, o que alargará ainda mais a extensão das feridas, para além das causadas pela puya e adiministram-lhe antibióticos e anti-inflamatórios para evitar infecções.

É de novo transportado para a ganadaria, perdendo de novo vários quilos durante a viagem aos quais se devem somar os quilos que perdeu antes e durante a tourada.

Ou seja, a verdade é que o touro transportado é um touro enfraquecido e moribundo e como tal a maioria dos poucos indultados acaba por não resisitir e morrer.

Esta é a realidade do indulto, aquela que os aficionados propositadamente escondem.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Eles estão tão agarrados ao negócio como os negreiros estavam no tempo da escravatura, mas felizmente todas essas tradições bárbaras acabam
    mais tarde ou mais cedo (de preferência, mais cedo…)

  2. Estive a sinalizar vídeos até agora e vou continuar. Tenho também colocado “não gosto” através da mão invertida, não só nos vídeos como também nos comentários idióticos que os seguem. Acho que assim podemos deixar claro que a maioria das pessoas é contra esta prática hedionda.

  3. Parece.me uma excelente ideia!

  4. SIM, CONCORDO.

  5. Acho muito bem, Mandrax.

    Quanto a mim, vou sinalizar esses vídeos que refere, mas primeiro vou guardá-los para que não se percam, pois apesar de as imagens serem chocantes é preciso mostrar ao mundo o que é o mundo imundo e macabro da tauromaquia.

    E mais para que as futuras gerações saibam que alguns dos seus antepassados foram MONSTROS.

  6. Amigos e companheiros que não gostam, tal como eu, de ver animais inocentes a serem massacrados numa arena:

    No youtube abundam vídeos de toiradas, em que os respectivos toireiros fazem o que fazem «melhor»: trespassar animais com ferros afiados.

    Ora no youtube há uma função chamada »sinalizar este vídeo», e nos motivos aparecem «actos repulsivos ou violentos» e entre estes os «maus tratos a animais».

    O que vos venho propor é que mobilizemos os amigos dos animais e as pessoas não sádicas em geral para sinalizarem esses vídeos, de modo a que pelo menos fiquem restritos a maiores de 18 anos.

    Seria um sinal de que a toirada é uma tradição cada vez mais inaceitável. Além da barbárie inerente, a imoralidade da toirada é gritante, quando se sabe que esta MAFIA recebe milhões do Estado, enquanto há gente a morrer de fome! Gente que trabalha, entenda-se! E não betinhos que não fazem a ponta de um corno e vivem como nababos… à nossa conta.

    Que me dizem?

    • Mandrax e outros concordo e o Mandrax disse tudo, pq vivem dos 10 milhões pagos por nós contribuintes, e são uns armados em betinhos, q andam por ali a fazer asneiras, a ser sádicos e cobardes e a parasitar os outros q é só o q sabem fazer. Se querem tourada façam c eles e entre eles, espetam-se uns aos outros, e convinha q tb fizessem o q fazem ANTES da touradas ao touros, todo o sofrimento q lhes infligem e a mim tanto se me dá q seja c indulto ou sem, touradas SÃO FILHOS DE **** Q NADA TÊM p fazer e andam ali, a fingir q fazem algo, uns roubam, outros traficam, outros assaltam estes fazem tourada mas é tudo da mesma laia.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias