Publicado por: protouro | 8 de Janeiro de 2013

Como o Negócio Já Não é Rentável Tentam Exportá-lo

O negócio tauromáquico há anos que deixou de ser rentável, praças às moscas desinteresse total por parte da população, com execepção de alguns nichos de mercado onde existe uma população que ainda vive arreigada a tradições bárbaras e cruéis.

Como tal, os aficionados tudo fazem para manter vivo um negócio que sabem de antemão que está morto e nem sequer tem hipóteses de renascer das cinzas tal como fénix. Daí que tentem desesperadamente expandir o mesmo a outros países.

Estas tentativas não são novidade, há anos que os tauromáquicos tentam expandir o negócio a países como o Egipto, Coreia do Sul, Rússia, China, etc.

A maioria destas tentativas foram goradas e as poucas que tiveram lugar resultaram num fiasco total. No entanto, estes energúmenos não desistem.

De acordo com vários jornais espanhóis, a escola taurina do Campo de Gibraltar, Espanha, foi escolhida para participar num projecto taurino internacional asiático. A informação não revela que projecto internacional é este, no entanto, pela foto:

promocao de touradas Asia

tudo indica que uma vez mais o destino é a China. Obviamente que esta gente pensa que o povo chinês é tão estúpido que estará disposto a acolher com prazer uma prática bárbara que só é praticada em 7 países no mundo.

Isto cheira-nos a vingança por parte dos tauromáquicos, eles devem estar tão lixados porque os trajes de luces que usam são “made in China” que para se vingarem querem exportar para a China a m*rda que produzem. O mote deve ser: vocês invadem-nos com porcaria feita na China, portanto nós temos o direito de vos invadir com o esterco que produzimos em Espanha e esse esterco são as corridas de touros, mesmo que os fatinhos que usamos sejam manufacturados por vocês.

Ironias à parte a verdade é que a indústria tauromáquica tudo faz para exportar um negócio miserável e sanguinário que está à beira da bancarrota.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Os tauricidas pensam que todos são parvos como eles.
    Vivem num submundo, na fundura de cavernas escuras, e não se dão conta de que o mundo evoluiu e só eles é que insistem neste esterco que produzem.
    Pobres mentes pequeninas, rascas, cegas e primitivas!
    E também ainda não se aperceberam que 2013 será o ano do funeral desta doença mental chamada tauromaquia.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias