Publicado por: protouro | 30 de Dezembro de 2012

2012 – “Prótoiro” Ajuda na Abolição das Touradas

Acaba o ano e é imprescindível fazer um balanço da luta pela abolição da tauromaquia, não só a nível nacional mas também a nível mundial.

No nosso país, a luta pela abolição teve algumas derrotas mas também várias vitórias e a aparição de uma federação que dá pelo nome de “prótoiro” e que pretende defender a “festa”, veio clarificar e de que maneira quem é quem.

Se anteriormente uma grande parte dos portugueses era indiferente às touradas depois do aparecimento desta gente e do modo agressivo como se posicionaram e se posicionam, hoje uma grande parte desses indiferentes mudou de posição e juntou-se à luta pela abolição e tudo graças à atitude destes abusadores e ditadores. Não deram um tiro nos pés, deram um tiro frontal na testa e nós que lutamos pela abolição agradecemos.

Em 2013 iremos assistir ao descalabro total da indústria tauromáquica. Não será somente a crise financeira que contribuirá para tal mas também e sobretudo o facto de que a cada dia que passa, aumenta o número de pessoas que está contra este espectáculo aberrante.

Entretanto a nível mundial:

– Algumas cidades da América Latina proibiram a entrada de menores em touradas;

– A praça de touros de Santa Maria em Bogotá, Colômbia, transformou-se num centro de actividades culturais;

– Quito, Equador suspendeu as touradas;

– San Sebastián, País Basco, o governo Bildu não vai permitir que em 2013 sejam realizadas touradas na praça de touros da localidade.

Quanto ao número de touradas a nível dos três países europeus o panorama é esclarecedor uma diminuição brutal quer a nível de espectáculos, quer a nível de audiências e a prova é que a indústria tauromáquica está tão desesperada que usa tudo para conseguir ter algum lucro. Oferecem bilhetes, dão descontos à juventude e à terceira idade, enfim usam de todos os meios para tentarem conseguir encher praças de touros.

Entretanto as ditas cujas continuam praticamente vazias e algumas felizmente deixaram de realizar estes espectáculos. Os números fornecidos pela website tauromáquica Mundotoro são claros:

– Em 2006 em Espanha eram 911 as praças de touros que ofereciam touradas;

– Em 2012 o número caiu para 431.

Feitas as contas, os parasitas e os subsídio dependentes começam a ter os dias contados e a luta pela abolição caminha a passos largos.

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. Em 2013 enterraremos a tauromaquia.
    Já chega de estupidez.
    O mundo precisa renovar-se.
    Este cheiro a mofo e a sangue e a urina,« e a bosta em covil é um cheiro antigo.
    Agora queremos os cheiros dos campos, onde os animais pastam livres e serenos.
    E a prótoiro foi a maior ajuda que o Movimento Abolicionista poderia ter.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias