Publicado por: protouro | 27 de Novembro de 2012

Austeridade? Qual Austeridade, no Sabugal é o Regabofe Total

Numa altura de crise e com cortes a torto e a direito, a Câmara Municipal do Sabugal, escudada na declaração de património cultural imaterial da capeia arraiana, vai esbanjar dinheiros públicos para promover as capeias.

No dia 21 do corrente mês, o Presidente propôs que a Câmara delibere atribuir um apoio financeiro, vulgo subsídio de dez mil euros a cada junta de freguesia que realiza capeias.

São onze juntas de freguesia o que significa cento e dez mil euros que saem dos cofres públicos.

Austeridade? Poupança? Não. A Câmara Municipal do Sabugal prova à exaustão que para a tortura de animais dinheiro não falta, mesmo que os seus munícipes passem privações.

E uma vez mais se prova como já afirmámos anteriormente que estas declarações, não são inócuas. Cada uma delas implica desbaratar dinheiro dos contribuintes. Num país de tanga tal facto já não é um escândalo, é um crime!

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Responses

  1. […] Abaixo reproduzimos a proposta aprovada pela Câmara do Sabugal, retirada do blogue Protouro. […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Categorias