Publicado por: protouro | 15 de Agosto de 2012

A “Inteligência” de Certos Políticos

Não temos dúvidas que este país está repleto de políticos “lúcidos” e “inteligentes”.

Para um vereador de Viana do Castelo, eleito pelo CDS-PP: ” Viana do Castelo merece mais do que um Presidente de Câmara que teima em não respeitar quem pensa diferente. Esgrimir regulamentos e planos contra direitos fundamentais, como do direito à cultura, é tão castrador quanto faccioso, como o faz o Presidente da Câmara Municipal José Maria Costa”.

Realmente o direito à cultura é um direito fundamental, o problema é que torturar animais numa praça pública, não é cultura e como tal não é nenhum direito. Sr. Vereador desde quando é que cumprir com a lei é castrador e faccioso!!!

E depois o dito senhor vem afirmar que não é aficionado, nem frequentador do espectáculo tauromáquico. Quando pessoas proferem afirmações como estas e depois vêm defender a tauromaquia cheira-nos logo a aficionado escondido com o rabo de fora.

E os disparates continuam: “Não somos os confusos cidadãos púdicos defensores dos animais que têm hábitos alimentares carnívoros que rasgam entre dentes carne à mesa e ou ao balcão para saciar apetites”.

Oh meu caro senhor desculpe que lhe digamos em português vernáculo o que é que o cu tem a ver com as calças!

Sr. Vereador o senhor está baralhado, não são hábitos alimentares carnívoros, mas sim omnívoros. Mas o que é que isso tem a ver com a tortura de um ser senciente numa praça de touros? Será que as pessoas têm que ser todas vegetarianas para poderem ser contra um espectáculo que é imoral e inaceitável numa sociedade moderna e evoluída!

Olhe para quem não é aficionado, uma coisa podemos garantir o senhor sabe de cor e salteado a cartilha dos argumentos dos aficionados.

E a confusão mental e verbal continua:“Não somos masoquistas nem antropófagos”.!!!!!!

Claro que vocês não são masoquistas, porque não gostam de sofrer, mas gostam de ver sofrer um animal, uma vez mais o senhor está confuso, o que talvez quisesse dizer é que não são sádicos, se bem que o sejam.

Antropófagos!!! Oh Sr. Vereador nunca nos passou pela cabeça chamar aos aficionados canibais, porque temos a certeza que eles não se alimentam de carne humana, caso o fizessem seria crime punível por lei. Achamos sinceramente e não nos leve a mal, que deveria descansar por uns tempos, tire umas férias e ponha as ideias em ordem. E enquanto estiver de férias, em vez de ler um livro, leia o dicionário da língua portuguesa.

E a verborreia continua: “Quem ama, vai! Quem não gosta, fica longe, respeitando o seu gosto e paixão dos outros, a tradição e a cultura”.

Isto não é uma questão de gostar ou não gostar, é uma questão ética e de respeito pelos animais, não se esqueça que o senhor também é um animal. Nós animais humanos temos o dever e a obrigação de respeitar os interesses dos animais não humanos, e concerteza que não é preciso ser uma pessoa excepcionalmente inteligente, para perceber que os animais não humanos, não querem serem torturados.
Ou será que o senhor sendo um animal humano gostaria de ser torturado em nome da “tradição” e da “cultura”?

Sr. Vereador se for de férias não se esqueça de levar o dicionário…

Prótouro
Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias