Publicado por: protouro | 25 de Julho de 2012

Pró Touradas Defendem que as Leis Contra Touradas Violam Direitos Humanos!!!!!!

Jaime de Rivero Bramosio, é advogado e jornalista tauromáquico peruano e publicou um estudo em que defende que as leis contra as touradas violam os direitos humanos.

Leram bem as leis contra as touradas violam os direitos humanos!

Segundo o senhor a proibição de touradas ou qualquer medida que possa causar a sua extinção, como impedir a assistência de menores, suprimir a sorte de varas, as bandarilhas e a estocada, viola o direito humano à cultura. E de acordo com ele isto aplica-se em todos os países tauromáquicos, pois todos subscreveram os mesmos tratados internacionais em matéria de protecção de direitos culturais.

A Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948) estipula no art. 27º “que qualquer pessoa tem o direito a obter do Estado, a satisfação dos seus direitos culturais e a participar livremente na vida cultural da comunidade”.

Os direitos culturais formam parte dos direitos humanos porque estão consagrados em vários tratados internacionais e são universais e indivisíveis e portanto não podem ser suprimidos nem modificados.

Com base na Declaração Universal dos Direitos Humanos e nos tratados internacionais, esta “ilustre” personagem conclui que as leis que visem proibir touradas violam os direitos humanos!!! Só uma mente muito retorcida pode chegar a semelhante conclusão!

O mesmo tipo de argumentação foi usada pela Countryside Alliance, organização inglesa que promove a caça, aquando da proibição da caça à raposa com cães em Inglaterra. Só que estes foram mais longe e interpuseram uma acção no Tribunal Europeu dos Direitos Humanos com base na violação dos seus direitos de liberdade, de reunião, etc.

A decisão do Tribunal Europeu dos Direitos Humanos, em 2006, foi implacável, ao decidir, que a proibição da caça com cães não viola qualquer direito humano.

A decisão do tribunal foi tomada por unanimidade de todos os juízes.
Segundo os juízes e citamos: ” A proibição tem como finalidade eliminar a caça e a morte de animais por desporto porque o sofrimento causado é moralmente condenável”.

A proibição das touradas não viola nem nunca violará a Declaração Universal dos Direitos Humanos, porquanto torturar e matar animais seja por desporto ou por diversão não é um direito humano e muito menos um direito cultural.

Prótouro

Pelos touros em liberdade


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias