Publicado por: protouro | 22 de Julho de 2012

Goya Não Era Aficionado

Os pró-touradas, quando afirmam que as touradas são cultura, citam sempre vários escritores e pintores.

Um deles é Francisco Goya.

Quem pensa que Goya era um grande aficionado, está totalmente equivocado.

Goya inspirou-se nas touradas por razões económicas e não porque fosse aficionado. Na época era o único tema que tinha procura e que não tinha conotações políticas. No entanto, a terceira série gráfica do pintor foi um fracasso.
Em Espanha os aficionados não estavam interessados nas suas obras porque estas mostravam a parte mais violenta das touradas. Por isso, a sua obra era considerada anti-touradas.

A tauromaquia de acordo com as pinturas de Goya pode ser entendida como uma demonstração crítica da violência consubstancial do ser humano através do enfrentamento irracional com o touro, cujo final acaba com a morte do homem e não a do touro. A série de 33 desenhos sobre tauromaquia, publicados em 1816, finaliza com a morte de Pepe-Hillo.

Goya participa assim no debate sobre a legitimidade da tauromaquia em conjunto com diversos intelectuais da época, entre os quais se encontra Jovellanos (que era seu amigo) e que queriam a abolição da tauromaquia.

Prótouro

Pelos touros em liberdade

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias