Publicado por: protouro | 4 de Julho de 2012

Para um Político de Nisa a Tourada é Mais Natural que uma Relação entre Dois Adultos!

Acabámos de ler um artigo publicado no Jornal de Nisa, assinado por Marco Oliveira, Presidente da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista de Nisa.

O artigo em questão louva a classificação de património “cultural” e imaterial de Nisa e outras terriolas do Alto Alentejo, defende a actividade tauromáquica e a importância que esta envolve em termos socio-económicos, etc. Quanto a este assunto já tecemos as nossas considerações noutro post, consequentemente não vamos repeti-las.

O que nos chocou e choca neste artigo é a seguinte afirmação que passamos a citar:

“Colocando de lado a fundamental liberdade dos cidadãos num Estado democrático, há por aí alguns “pseudo-defensores” das boas práticas humanas, que se esquecem que quando o cavaleiro João Moura ou o Grupo dos Forcados Amadores de Portalegre se deslocam a Nisa, não precisam de fazer mais de 400 kms para se dirigirem a um local desconhecido, até porque estão a pouco mais de 30. E desses “pseudo-defensores”, com a devida cortesia e sem uso de estoque, há ainda aqueles que consideram que ver dois homens no meio da rua, aos beijos na boca, é muito mais natural do que ir com toda a família ver uma boa corrida de touros.

Este senhor que fala em liberdade dos cidadãos e em Estado Democrático, usa a comparação de dois homens que se beijam na rua com as touradas e vai mais longe afirmando que entre as duas práticas, as touradas são mais naturais.

Esta afirmação proferida por um membro da concelhia de um partido que aprovou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, é inadmissível e homofóbica.

Inacreditável que o Partido Socialista tenha entre as suas fileiras pessoas como este senhor, que acredita que a tortura animal é preferível a uma relação consentida entre dois adultos.

Prótouro

Pelos touros em liberdade

Os Valores e as Tradições são dos Nisenses
Quarta, 04 Julho 2012 Jornal de Nisa

O Partido Socialista em Nisa tem vindo ao longo dos últimos anos a denunciar os caminhos que estão errados, apontando o que poderia ser feito de diferente e apresentando soluções perante o que lhe é possível. Nos órgãos próprios, através dos seus eleitos, bem como nos meios de comunicação ao dispor, o PS tem incansavelmente mostrado a sua intransigência quanto à inércia a que o concelho está votado pelos eleitos municipais da CDU e ao ataque do poder central em relação a concelhos do interior como o nosso, encerrando instituições e promovendo o Povo à mais pura insignificância.

Os Nisenses estão assim dependentes da vontade de quem tem o poder, restando-lhes defender com unhas e dentes aquilo que é seu, nomeadamente os seus valores e as suas tradições com séculos de existência.

Nesse sentido, e muito recentemente, em defesa do mais nobre do nosso Alto Alentejo, a Câmara Municipal de Monforte, entre outras Câmaras e Assembleias Municipais, tomaram a iniciativa de colocar à consideração dos seus eleitos a possibilidade de classificar a Tauromaquia como “Património Cultural e Imaterial de Interesse Municipal”. Saliente-se aqui que, tanto em Monforte, como por exemplo na capital de distrito, as propostas foram apresentadas pelos representantes do PS nos respectivos órgãos. Sem grande estranheza, os motivos invocados foram não só defender a nossa cultura e identidade, mas também salientar a importância de tudo o que a actividade tauromáquica envolve, em termos socioeconómicos, nomeadamente num distrito que se apresenta como o mais empobrecido do país. Mais recentemente ainda, no último Conselho Executivo da CIMAA – Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo, a mesma proposta foi aprovada por unanimidade, atingindo assim a dimensão supramunicipal ou até mesmo regional.

Daí que, e no seguimento desta vaga de solidariedade, o PS em Nisa se tenha associado a essa mesma iniciativa, não só por isso, mas também pelo que representam os espectáculos tauromáquicos em grande parte das freguesias do nosso concelho e a envolvência que os mesmos têm, bastando só relembrar o evento mais recente associado ao Dia da Criança, onde pais e crianças encheram a praça de touros de Nisa.

Numa primeira análise, e aproveitando a existência de socialistas em Nisa esclarecidamente aficionados, foram encontradas mais de 40 pessoas e/ou entidades associadas com ligações directas à tauromaquia, sem contar aqui com o grau de empregabilidade que ainda proporcionam. E é aqui que está o cerne da questão. Não só o investimento na reabilitação de praças de touros, como a de Nisa ou de Alpalhão, transmite a continuidade de tão nobre arte, como tudo o que gira à sua volta poderá ser factor de dinamização socioeconómica do próprio concelho de Nisa, mais um motor para o tão necessário desenvolvimento sustentável. Ainda numa outra visão mais “verde”, e como exemplo, a manutenção do habitat do cavalo ou do touro de lide, faz com que se preserve todo o meio ambiental e ecológico que o envolve.

Colocando de lado a fundamental liberdade dos cidadãos num Estado democrático, há por aí alguns “pseudo-defensores” das boas práticas humanas, que se esquecem que quando o cavaleiro João Moura ou o Grupo dos Forcados Amadores de Portalegre se deslocam a Nisa, não precisam de fazer mais de 400 kms para se dirigirem a um local desconhecido, até porque estão a pouco mais de 30. E desses “pseudo-defensores”, com a devida cortesia e sem uso de estoque, há ainda aqueles que consideram que ver dois homens no meio da rua, aos beijos na boca, é muito mais natural do que ir com toda a família ver uma boa corrida de touros.

Marco Oliveira

Presidente da Comissão Política Concelhia
[Publicado na edição de 29 de junho de 2012 do Jornal de Nisa (n.º 38, II Série)]
http://www.jornaldenisa.com/politica/ps/2347-os-valores-e-as-tradicoes-sao-dos-nisenses.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias